Sessão pipoca – Anna Maria Chiavenato

0
23

JOJO RABBIT
Para quem perdeu este filme nos cinemas que continuam fechados, este filme estreia em um dos canais pagos da TV. Politicamente incorreto, é uma sátira bem divertida da Se­gunda Guerra Mundial com direção de Taika Waititi, também responsável pelo premiado roteiro. Num estilo de humor bem escrachado, a história segue Jojo Rabbit (Roman Griffin Da­vis), um garoto nazista de 10 anos cujo maior sonho é se alis­tar na Juventude Hitlerista, cujos participantes compartilham dos mesmos ideais pró-nazismo. Seu amigo mais próximo é fruto de sua imaginação, um idiota chamado Adolf Hitler (in­terpretado pelo próprio Taika Waititi). Mas, seu mundo desa­ba quando ele descobre que sua mãe solteira Rosie (Scarlet Johansson), escondia no sótão de sua própria casa a jovem judia Elza (Thomasin McKenzie). Após várias tentativas sem resultados para tirá-la de sua casa, a convivência entre ambos acaba se tornando cada dia mais intensa e resultando em uma amizade entre eles. Agora, Jojo deve repensar neste seu fanático nacionalismo. O filme navega entre comédia, drama e tragédia. O resultado é uma mensagem contra o ódio, o autoritarismo e a convivência entre as diferenças. Taiki Waititi apresenta um Hitler extremamente hilário na sua tentativa de envolver uma criança inocente em uma guerra insana. O elenco brilha pela perfeita sin­tonia encarando o “no sense” da trama que, além de divertida, nos leva a muita reflexão sobre os acontecimentos daquela épo­ca e muita coisa que rola atualmente. Scarlet Johansson por sua brilhante atuação como a mãe de Jojo recebeu indicação ao Oscar 2020 como Melhor Atriz Coadjuvante. Outros bons momentos do filme são proporcionados pelo garoto Archie Yates, o rechonchudo amigo de Jojo. Um filme engraçado e irreverente que além de divertir, passa uma ótima mensagem sobre tudo que aconteceu e acontece no mundo. O elenco é completado por Sam Rockwell e Rebel Wilson.

Comentários