O mundo mudou. A pandemia de Covid-19 provocou o distanciamento social, fazendo com que a humanidade refletisse sobre novas maneiras de convivência e de como se reestru­turar individualmente e em comunidade. Foram necessários ajustes nas relações comerciais, profissionais e pessoais e o Direito tem acom­panhado essas transformações. Além disso, as inovações na legislação e nas normas coletivas de trabalho têm gerado muitas dúvidas.

O impacto também foi sentido no âmbito familiar. Questões que no cotidiano por vezes não eram pensadas, como a possibilidade de incapacidade temporária para o trabalho, levaram a busca do direito previdenciário e alternativas como apólices seguros, bem como a preservação de bens, com o planeja­mento sucessório por meio de testamentos, a adesão a seguros de vida — ganharam outra perspectiva frente a pandemia, reforçando a importância da orientação de um profissional para garantir um planejamento patrimonial, sucessório e securitário amparado pelo Direito. Estamos todos buscando restabelecer o equilíbrio. Por isso, devemos unir nossas forças, superar esse evento imprevisível que, ao que tudo indica, ainda teremos que lidar por algum tempo. Vamos em frente, sempre à procura de melhores soluções.

Advogado Sergio Dias