Jornal Tribuna Ribeirão

STF autoriza internação de Roger Abdelmassih

SENADO/HANDOUT

O ministro Ricardo Lewa­ndowski, do Supremo Tribu­nal Federal (STF), concedeu na terça-feira, 23 de novem­bro, habeas corpus ao ex-mé­dico Roger Abdelmassih, de 78 anos, determinando que ele seja internado no Hospi­tal Penitenciário do Estado de São Paulo.

Lewandowski atendeu a pedido da defesa do ex-médi­co, que havia solicitado uma avaliação médica. Os advoga­dos querem que Abdelmassih vá para prisão domiciliar hu­manitária, ante seu quadro de saúde debilitada. Condena­do, ele já foi um dos maiores especialistas em reprodução humana do país.

Atualmente cumpre pena de 181 anos de prisão pelo estupro de 37 de suas pa­cientes. No regime fechado, o ex-médico fica preso no Complexo Penitenciário de Tremembé, em São Paulo. Desde que foi detido para cumprimento de pena, em 2014, teve a prisão domici­liar concedida e revogada diversas vezes.

A última foi neste ano, quando a Justiça de São Pau­lo concedeu e depois revo­gou o benefício. Na decisão de anteontem, Lewandowski reconheceu a gravidade dos crimes cometidos por Ab­delmassih, mas disse haver conflito entre laudos médi­cos sobre o real estado de saúde do ex-médico.

O ministro determinou a realização de avaliação clínica “completa e exau­riente” do ex-médico, a ser feito no Instituto Médico, Social e de Criminologia de São Paulo (Imesc). Após a perícia, o juiz de execução penal responsável deve pro­ferir nova decisão sobre a situação prisional, ordenou Lewandowski.

Deixe o seu comentário:

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com