30.6 C
Ribeirão Preto
13 de agosto de 2022 | 15:31
Jornal Tribuna Ribeirão
ABNC AFFILIATE WLS/ABC7 VIA REUTERS
Mundo

Tiroteio nos EUA deixa seis mortos

Pelo menos seis pessoas morreram e ao menos 24 fica­ram seriamente feridas nesta segunda-feira depois que um homem efetuou disparos do alto de um telhado durante a parada de Quatro de Julho, Dia da In­dependência dos Estados Uni­dos, na cidade Highland Park, perto de Chicago, no estado de Illinois. O suspeito fugiu, mas foi capturado depois de horas pela polícia. Segundo as autoridades, aparentemente o atirador estava em um telhado quando fez os disparos. Um fuzil foi encontrado e apreen­dido. O chefe da polícia afirma que o suspeito se chama Ro­bert E. Crimo III, de 22 anos.

Tiros foram ouvidos cerca de dez minutos depois do início do desfile. A polícia ainda inves­tiga o caso e não informa qual a natureza do ataque, mas um oficial afirmou que o evento pa­recia “completamente aleatório”. O porta-voz da Força-Tarefa de Crimes Graves do Condado de Lake, Christopher Covelli, dis­se em uma entrevista coletiva que o atirador aparentemente abriu fogo contra os partici­pantes do desfile de um telha­do usando um fuzil que foi re­cuperado no local.

Covelli disse que a polí­cia acredita que havia apenas um atirador. O deputado Brad Schneider, que representa Hi­ghland Park no Congresso, disse que estava no início do desfile quando alguém começou a ati­rar. A prefeita Lori Lightfoot, de Chicago, informou que o departamento de polícia de sua cidade está prestando assistên­cia a Highland Park. “As forças de segurança estão trabalhando duro para prender o atirador”, disse Lightfoot. Os subúrbios próximos de Evanston e Deer­field cancelaram seus próprios eventos por causa do incidente.

O governador de Illinois, JB Pritzker, disse em um tweet que está “monitorando de perto a si­tuação em Highland Park” e que a Polícia Estadual de Illinois está ajudando. Miles Zaremski, de 73 anos, um morador de Highland Park que estava no desfile, dis­se em uma entrevista que ou­viu o que pareciam ser tiros de um fuzil automático. Za­remski disse que estava a cerca de um quarteirão de distância quando ouviu os disparos. “No começo eu pensei que era um tiro pela culatra ou talvez um fogo de artifício”, disse ele.

“Mas, de repente, houve uma debandada da multidão que estava participando de ambos os lados da rua. Então eu meio que caminhei cautelo­samente e, de repente, vi pes­soas ensanguentadas.” O tiro­teio, disse ele, levou a uma cena “horrível” de pessoas aterrori­zadas e corpos ensanguenta­dos. “Nunca vi nada parecido na minha vida”, acrescentando: “Foi um caos”. Highland Park é um subúrbio que abriga cerca de 30.000 pessoas. Ele está si­tuado ao longo da margem do Lago Michigan, cerca de 40 quilômetros ao norte do cen­tro de Chicago.

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com