Jornal Tribuna Ribeirão

Torcida do Palmeiras faz festa em frente ao CT antes de viagem para o Uruguai

CÉSAR GRECO/AGÊNCIA PALMEIRAS

A torcida do Palmeiras se despediu dos jogadores com festa na frente da Academia de Futebol no início da tarde desta terça-feira (24). O ôni­bus com os jogadores e a co­missão técnica deixou o CT às 13h a caminho do aeroporto de Guarulhos, onde o elenco embarcou às 15h para Monte­vidéu, no Uruguai. No sábado, às 17h, no estádio Centenário, o time decide a Libertadores com o Flamengo.

As autoridades não libera­ram os torcedores de apoia­rem o elenco no aeroporto, com o tradicional “aeropor­co”. Por isso, eles se juntaram na frente do CT na zona oeste de São Paulo. Além de mem­bros das torcidas organiza­das, havia muitas famílias e crianças no local.

Até mesmo os jovens das categorias de base e funcioná­rios do clube participaram da festa. Eles formaram um cor­redor para a saída do ônibus. Weverton, Felipe Melo, Breno Lopes e Rony apareceram ao lado do motorista e acenaram para os palmeirenses. A Polí­cia Militar fez um cerco para a saída dos jogadores.

As uniformizadas distri­buíram sinalizadores e leva­ram bandeiras, incluindo as de mastro, e instrumentos para apoiar os atletas. O hino do Palmeiras foi cantado re­petidas vezes, bem como as músicas mais conhecidas da Mancha Alviverde, com tre­chos como “a taça Liberta­dores é obsessão” e “tem que jogar com alma e coração”.

Antes do embarque para Montevidéu, o Palmeiras treinou na manhã desta quar­ta-feira. Os titulares foram a campo e os reservas, que participaram do empate por 2 a 2 com o Atlético-MG no Allianz Parque, fizeram tra­balhos regenerativos. Felipe Melo participou da atividade sem restrições e deve estar apto para enfrentar o Fla­mengo no sábado. O meio­-campista não atuou nas três últimas partidas.

Em Montevidéu, o elenco vai treinar no Estádio Gran Par­que Central, do Nacional. As duas atividades antes da decisão serão fechadas para a imprensa. Os dois treinos estão marcados para as 17h. Na sexta-feira, Abel Ferreira e mais um atleta dão entrevista coletiva.

Atual campeão, o Palmei­ras busca o tricampeonato da Libertadores O time alvi­verde vai disputar sua sexta final continental, assim como aconteceu em 1961, 1968, 1999, 2000 e 2020. Na tempo­rada passada, para ficar com a taça, derrotou o Santos com gol de Breno Lopes nos acrés­cimos.

Deixe o seu comentário:

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com