TT NEWS AGENCY

Os economistas David Card, Joshua Angrist e Guido Imbens ganharam o prêmio Nobel de Economia de 2021 nesta se­gunda-feira, 11 de outubro, por serem os pioneiros em “experi­mentos naturais” para mostrar os impactos econômicos do mundo real em áreas do setor de fast-food dos Estados Unidos à migração da Cuba da era Castro.

Ao contrário da medicina ou de outras ciências, os economis­tas não podem conduzir estudos clínicos rigidamente controla­dos. Em vez disso, os experi­mentos naturais usam situações da vida real para estudar os im­pactos no mundo, uma aborda­gem que se espalhou para outras ciências sociais.

“A pesquisa deles melhorou substancialmente nossa capaci­dade de responder às principais questões causais, o que foi de grande benefício para a socieda­de”, disse Peter Fredriksson, pre­sidente do Comitê do Prêmio de Ciências Econômicas.

Os prêmios Nobel de Econo­mia anteriores foram domina­dos por instituições dos EUA e esse prêmio não foi uma exceção. Nascido no Canadá, Card atual­mente trabalha na Universidade da Califórnia, Berkeley; Angrist, atua no Massachusetts Institute of Technology (MIT); e Imbens, nas­cido na Holanda, é pesquisador da Universidade de Stanford.

O prêmio é de 10 milhões de coroas suecas (R$ 6,32 milhões). David Card receberá a metade e a outra metade será dividida en­tre Joshua Angrist e Guido Im­bens. Um experimento de Card sobre o impacto no setor de fast-food de um aumento do sa­lário mínimo no estado de Nova Jersey, nos EUA, no início da dé­cada de 1990, levou a uma revisão da ideia convencional de que tais aumentos sempre deveriam levar a quedas nas taxas de emprego.

Os laureados com o Nobel da Paz também vão receber um diploma e uma medalha, em 10 de dezembro, em Oslo, na No­ruega, dia da morte do criador do prêmio, Alfred Nobel. Na sexta-feira (8), a jornalista fili­pina Maria Ressa e o jornalista russo Dmitry Muratov vence­ram o Nobel da Paz 2021.

Na quinta-feira (7), o roman­cista tanzaniano Abdulrazak Gurnah, que vive no Reino Uni­do, venceu o Prêmio Nobel de Li­teratura 2021. Em 6 de outubro, os pesquisadores Benjamin List, da Alemanha, e David MacMillan, dos Estados Unidos, ganharam o Prêmio Nobel de Química.

No dia 5, o norte-america­no nascido no Japão Syukuro Manabe, o alemão Klaus Has­selmann e o italiano Giorgio Parisi venceram o Nobel de Física 2021. No dia 4, os nor­te-americanos David Julius e Ardem Patapoutian foram agraciados com o Nobel de Medicina. A láurea foi criada pelo inventor da dinamite e rico empresário sueco Alfred Nobel e é entregue desde 1901.