Turquia – Avião se parte em três durante pouso

0
47
MURAD SEXER/REUTERS

Um avião com 183 pessoas a bordo deixou a cidade turca de Izmir e realizava um pouso no Aeroporto Sabiha Gökçen, em Istambul, quando saiu da pista e se partiu em três peda­ços na tarde desta quarta-feira, 5 de fevereiro. Três passageiros morreram.

Outras 179 pessoas fica­ram feridas. Três dos feridos passaram por cirurgias e dois estão sob cuidados intensivos. Segundo a imprensa turca, os dois pilotos, um turco e um sul-coreano, tiveram ferimen­tos graves. Além disso, doze crianças estavam no avião.

A aeronave teria saído da pista em razão da forte chuva na cidade. A parte da frente da fuselagem, compreendendo o cockpit e as primeiras filas, se­parou-se do resto da aeronave. Uma segunda fissura era visível no terço traseiro da aeronave, nas últimas 10 filas e a cauda da aeronave.

Imagens de uma TV local mostravam socorristas reti­rando os passageiros por meio das rachaduras da aeronave, um Boeing 737 da companhia turca de baixo custo Pegasus. A fuselagem da aeronave par­tiu em três e pegou fogo depois que o avião saiu da pista.

O Aeroporto Internacional Sabiha Gökçen fica no lado asiático de Istambul. Ele é o menor da cidade e foi fechado para voos e todos os aviões re­direcionados para o aeroporto internacional de Istambul, no lado europeu da capital econô­mica da Turquia.

Centro de transporte aéreo
Localizada no cruzamento da Europa, Ásia, Oriente Mé­dio e África, a cidade de Istam­bul é um importante centro de transporte aéreo. O presidente Recep Tayyip Erdogan preten­de fazer da cidade o destino aéreo número um do mundo, usando em particular o mega­-aeroporto de Istambul inau­gurado em 2018.

Mas a metrópole de mais de 15 milhões de habitantes é re­gularmente varrida por ventos e chuvas fortes que complicam a tarefa dos pilotos. As condi­ções climáticas, que podem ser extremas no inverno, obrigam regularmente as autoridades do aeroporto a cancelar voos.

Incidentes menores, como saídas da pista ou colisões com pássaros, às vezes ocorrem nos dois aeroportos internacionais da cidade. Em 2018, um avião da mesma companhia Pegasus saiu da pista em Trabzon, no nordeste da Turquia, parando à beira do penhasco. Ninguém ficou ferido na ocasião.