Jornal Tribuna Ribeirão

Um concerto para Candido Portinari

Encerrando o ciclo de apre­sentações de 2017, A USP Filar­mônica, orquestra da Univer­sidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto, vai apresentar o concerto “Candido Portinari e a Música”, nesta terça-feira, 28 de novembro, às 20h30, no Thea­tro Pedro II, sob as regências de Rubens Russomanno Ricciardi e Ricardo Bologna.

Segundo o maestro Rubens Ricciardi, professor titular da USP de Ribeirão Preto, a impor­tância do projeto se dá pela pes­quisa que envolve a música bra­sileira. “Portinari foi um pintor excepcional do século XX, muito próximo a vários músicos que fo­ram protagonistas da música no Brasil. Pela primeira vez estamos viabilizando uma apresentação musical, com esta interação do Portinari com a música. Todos os compositores do concerto foram retratados por Portinari, então te­remos projeções durante o concer­to, no contexto de cada obra, dos respectivos quadros do artista, se­jam quadros musicais ou quadros dos músicos”, explica Ricciardi.

A apresentação é a 89ª da “Série Concertos USP – Theatro Pedro II” e terá a participação dos solistas Ricardo Bologna (marimba), Ed Lemos (acor­deão), Sérgio Cerri (flauta), Yuka de Almeida Prado (sopra­no), Carla Portinari (canto com microfone), José Gustavo Ju­lião de Camargo (viola caipira), Jefferson Bortolucci e Rubens Russomanno Ricciardi (piano). Antes, nesta segunda-feira (27), a orquestra e seus convidados vão apresentar o 88º concerto no Teatro Municipal de São Carlos.

O repertório inclui obras de Antônio Carlos Gomes (1836- 1896), Mozart Camargo Guar­nieri (1907-1993), Zequinha de Abreu (1880-1935), Francisco Mignone (1897-1986), Antonio Passarelli (1889-1967), Jorge Galati (1885-1968), Radamés Gnattali (1906-1988), Claudio Santoro (1909-1989), Heitor Villa-Lobos (1887-1959) e tra­ta da inspiração mútua entre Portinari e os amigos músicos, homenageados no concerto. O concerto contará com a presença do filho do artista, João Candi­do Portinari, e filho do músico Cláudio Santoro, Raffa Santoro.

A orquestra USP Filarmô­nica iniciou suas atividades em 2011. Desde então, já pro­tagonizou vários programas de concertos sinfônicos e réci­tas de ópera em várias cidades paulistas. Tem 30 integrantes que dominam duas flautas, um oboé, uma clarineta, um fagote, duas trompas, dois trompetes, uma percussão, cinco primei­ros violinos, cinco segundos violinos, três violas, quatro vio­loncelos e dois contrabaixos.

Além do concerto, existe uma parceria do projeto Por­tinari, liderado pelo filho do artista, junto com o maestro da USP-Filarmônica, Rubens Ric­ciardi, e parceria do professor titular da USP de São Carlos, Tito Bonagamba, para estudos dos documentos de projetos do artista de Brodowsky com seus amigos músicos, em especial com Claudio Santoro e desen­volvimento de pesquisa da me­mória de Portinari.

O 89º Concerto da USP Fi­larmônica “Candido Portinari e a Música” é uma realização da USP, com apoio da Fundação Dom Pedro II e do Projeto Por­tinari do Rio de Janeiro. Como a entrada é franca, não há ingres­sos e a acomodação nas poltro­nas é livre. O Theatro Pedro II fica na rua Álvares Cabral nº 370, no Quarteirão Paulista, no Cen­tro Histórico de Ribeirão Preto. Tem capacidade para receber 1.588 pessoas, mas parte foi in­terditada no ano passado pelo Corpo de Bombeiros por cau­sa da altura do parapeito – hoje aceita até 1.300 espectadores. O telefone para mais informações é (16) 3977-8111.

Deixe o seu comentário:

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com