Um novo Trio Parada Dura

0
40
DIVULGAÇÃO

“As andorinhas voltaram porque não podem e não vão deixar o microfone mudo”, charada fácil para os aman­tes da música sertaneja que, desde 1973 se acostumaram a ouvir não uma dupla, mas o Trio Parada Dura. São qua­se 50 anos nos presenteando com a pura raiz sertaneja, co­lecionando alegrias, muitas conquistas e, infelizmente, algumas perdas.

Todas sempre presentes na alma do Trio Parada Dura. E com este sentimento Leoni­to se une a Creone e Xonadão para dar continuidade a uma das mais belas representações da música sertaneja. “Não vamos substituir o Parrerito, ele é insubstituível, como to­dos os companheiros de Trio, vamos dar continuidade a tudo que vivemos”, enfatiza o emocionado Creone.

Temos a certeza de que nossos companheiros que par­tiram estão aplaudindo a es­colha, aprovada também pela esposa de Mangabinha, funda­dor do trio, Rosa Quadros. Le­onito enxerga esta oportunida­de como uma honra. Creone e Xonadão, ainda muito abati­dos pela perda de Parrerito, fa­lecido em setembro deste ano vítima de covid-19, também entendem que não podem in­terromper o legado do Trio Pa­rada Dura.

Em 2021 eles planejam brin­dar os companheiros, a vida e a música com dois grandes lan­çamentos, e participações que irão contar, ou melhor cantar os maiores sucessos do Trio para continuar embalando gerações e gerações por este Brasil.

Sobre Leonito

Luiz Lima de Souza(Leoni­to), mineiro da cidade de Mu­nhoz aos 60 anos de idade vol­ta ao Trio Parada Dura, onde cantou por oito anos ao lado de Mangabinha e Leone, de 2005 a 2015, período em que Creone, Xonadão e Parrerito, se apresentavam como Trio do Brasil, vale a ressalva que Man­gabinha era o detentor da mar­ca “Trio Parada Dura”.

 

Leonito sabe o peso e a res­ponsabilidade de estar no Trio. “Para mim não é pura e sim­plesmente responsabilidade é, acima de tudo, uma honra de poder fazer parte da história da música sertaneja”, comen­ta o cantor. Começou a cantar profissionalmente aos 19 anos, quando veio se apresentar na noite de São Paulo, formou dupla até ser convidado para integrar o Trio.

Trio Parada Dura

Formação atual

Creone, Xonadão e Leonito

Primeira formação

Delmir, Delmon e Mangabinha

Segunda formação

Creone, Barrerito e Mangabinha

Terceira formação

Creone, Parrerito e Mangabinha

Quarta Formação

Leone, Leonito e Mangabinha

Quinta formação

Creone, Parrerito e Xonadão