Viaduto é liberado ao tráfego em RP

0
44
ALFREDO RISK

O Viaduto Profissionais da Saúde, nova ponte de liga­ção das avenidas Maria de Je­sus Condeixa (Zona Leste) e Antônio Diederichsen (Zona Sul), sobre o córrego Retiro Saudoso, que corta a avenida Doutor Francisco Junqueira, foi inaugurado e liberado ao tráfego na manhã desta sexta­-feira, 26 de fevereiro, depois de 17 meses em obras.

Os primeiros veículos a cru­zar o viaduto foram os carros antigos do Faixa Branca e po­tentes motocicletas de clubes da cidade. Participaram da soleni­dade de inauguração o prefeito Ribeirão Preto e os secretários Pedro Luiz Pegoraro (Obras Públicas) e Sandro Scarpelini (Saúde), representando os pro­fissionais homenageados.

O viaduto trará mais fluidez ao tráfego na região e vai bene­ficiar os moradores dos bairros Jardim Castelo Branco, Jardim Iguatemi, Santa Cruz do José Ja­cques, Vila Seixas, Jardim Mace­do, Jardim América e Centro. A ponte fará uma ligação de mais de oito quilômetros, permitindo um cruzamento direto da Zona Leste com a Sul.

O viaduto criará uma cone­xão direta das avenidas Treze de Maio e Castelo Branco com a Presidente Vargas, eliminan­do a necessidade de retornos pela Francisco Junqueira. O equipamento recebeu o nome de Profissionais da Saúde para homenagear médicos, enfer­meiros, técnicos de enferma­gem e afins que trabalham no combate ao novo coronavirus em Ribeirão Preto.

A iniciativa partiu do prefei­to Duarte Nogueira (PSDB) por meio de projeto de lei aprovado pela Câmara de Vereadores em julho do ano passado. O viaduto sobre o córrego Retiro Saudoso é a décima obra do Programa Ribeirão Mobilidade, iniciada em setembro de 2019. Com investimento previsto em R$ 20.180.431,35, a Construtora Hejos foi contratada via processo licitatório por R$ 15.285.365,82, gerando uma economia de R$ 4.895.065,53 aos cofres públicos, desconto de 24,2%.

O investimento total no Ribeirão Mobilidade se apro­xima de R$ 500 milhões. São R$ 310 milhões provenientes de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento II – PAC da Mobilidade Urbana e do Saneamento, do governo federal e, o restante do Finan­ciamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa) e outras agências de crédito.

Entre as obras do Programa Ribeirão Mobilidade em fase de execução estão outros dois via­dutos na zona Norte da cidade. Um no cruzamento da avenida Brasil com a Mogiana e outro na avenida Brasil no entroncamen­to da avenida Thomaz Alberto Whately, todos no complexo do Jardim Aeroporto, na Zona Norte de Ribeirão Preto.

A prefeitura conta com cerca de 90% das obras do Programa Ribeirão Mobilidade licitadas e em processo de licitação. São mais de 30 intervenções viárias planejadas para garantir mais acessibilidade, segurança no trânsito e qualidade de vida à população de Ribeirão Preto.