Visita a cemitérios terá regras

0
38
ALFREDO RISK/ARQUIVO

O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta se­mana a liberação de visitas a cemitérios durante o Dia de Finados, na próxima segunda­-feira, 2 de novembro. Ele des­tacou, contudo, que a decisão final sobre a permissão é das prefeituras. “O nosso Centro de Contingência, com mais de 20 médicos e especialistas, não estabeleceu nenhuma restrição aos cemitérios”, diz o tucano.

“Recomenda expressamen­te a quem for, que usem más­cara, evitem aglomerações e respeitem o distanciamento social”, destaca o governador. Em Ribeirão Preto, o decreto número 270/2020, publicado no Diário Oficial do Municí­pio (DOM) de terça-feira, 27 de outubro, impõe algumas re­gras para visitação.

As medidas valem para o Cemitério da Saudade, o Ce­mitério Bom Pastor e o Cemi­tério de Bonfim Paulista, que atenderão das sete às 18 horas, de acordo com a prefeitura de Ribeirão Preto. O decreto é assinado pelo prefeito Duarte Nogueira (PSDB) e pelos se­cretários Nicanor Lopes, da Casa Civil, e Alberto Macedo, da Secretaria de Governo.

Por causa da pandemia de coronavírus, o uso de máscara e o distanciamento social são obrigatórios. O decreto pede que as visitas sejam mais cur­tas e recomenda que idosos, crianças e portadores de doen­ças preexistentes evitem ir aos locais. Nas portarias dos cemi­térios será fornecido álcool gel, além de sabonete e insumos nos banheiros para higieniza­ção das mãos dos visitantes.

A prefeitura recomenda aos visitantes que usem rou­pas frescas e sapato fechado, porém confortável. Também orienta que as pessoas se hidra­tem e retirem as embalagens plásticas dos vasos de flores para evitar o acúmulo de água parada e posterior criadouro do Aedes aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya, zika vírus e febre amarela.

As velas deverão ser ace­sas apenas no local apropria­do (veleiro) e os visitantes não devem transitar nas áreas dos cemitérios que se encontram interditadas. Para evitar aglo­meração, também não será permitida a realização de mis­sas e demais eventos religiosos e também ações comemorativas ou promocionais, como aferição de pressão arterial e glicemia oferecidas pelas funerárias.

Os três cemitérios de Ri­beirão Preto e o de Bonfim Paulista costumam receber entre 125 mil e 150 mil pes­soas no feriado do Dia de Fi­nados. No Cemitério da Sau­dade, na avenida Saudade nº 1.775, nos Campos Elíseos, a média de público é 50 mil vi­sitantes – tem cerca de 7.500 jazigos e mais de 132 mil pes­soas sepultadas. No de Bon­fim Paulista, na rua Izokiti Menoara s/nº, no Jardim São Leandro I, são 20 mil visitan­tes – tem cerca de 1.120 tú­mulos com 9.850 corpos.

Já o Cemitério Bom Pastor, na avenida das Lágrimas nº 600, no Jardim Novo Mundo, costuma receber 55 mil visi­tantes – tem cerca de 13 mil ja­zigos e mais de 60 mil pessoas sepultadas. O Memorial Par­que dos Girassóis, na avenida Afonço Valera nº 350, no Re­creio das Acácias, recepciona cinco mil pessoas no Dia de Finados e atender das sete às 18 horas, geralmente.

Os 4 cemitérios de Ribeirão Preto
Cemitério da Saudade Avenida Saudade nº 1.775, Campos Elíseos Expectativa de visitas: 50 mil
Cemitério Bom Pastor Avenida das Lágrimas nº 600, Jardim Novo Mundo Expectativa de visitas: 55 mil
Bonfim Paulista Rua IzokitiMenoara s/nº, Jardim São Leandro I Expectativa de visitas: 20 mil
Memorial Parque dos Girassóis Avenida Afonço Valera nº 350, Recreio das Acácias Expectativa de visitas: 5 mil

Comentários