JOÃO VICTOR MENEZES/AGÊNCIA BOTAFOGO

O atacante Walter afir­mou que ficou muito feliz e emocionado com o seu pri­meiro gol com a camisa bo­tafoguense. Ele marcou pela primeira vez na vitória do Tricolor sobre o Ituano por 2 a 1, no último domingo (25), pela nona rodada do Campe­onato Brasileiro da Série C.

“Foi uma sensação muito especial marcar pela primeira vez com a camisa do Botafo­go e um dos dias mais felizes da minha vida. Trabalhei muito para buscar esse gol e consegui fazer logo no come­ço do segundo tempo, o que foi importante para conquis­tarmos a vitória no decorrer do jogo. Esse gol me ajudou para adquirir ainda mais confiança e também alegrar a minha família e a torcida bo­tafoguense”, afirmou Walter, que marcou de cabeça após uma cobrança de escanteio de Pará e desvio de Rafael Ta­vares na primeira trave.

“Escutei muita coisa des­de que cheguei, mas trabalhei quieto e tentando mostrar o meu potencial. O mais impor­tante é que tenho a confiança do presidente, do Argel, do Pelaipe, da torcida e do grupo. Por isso, trabalhei quietinho”, acrescentou o camisa 18.

Na entrevista, Walter elogiou o treinador Argel Fuchs e exal­tou também a união e a qualida­de do elenco botafoguense.

“O Argel cobra muito do elenco todos os dias, o que é muito importante. Ele é um cara vencedor e, na minha opinião, o nosso time en­caixou e crescemos de pro­dução. A nossa marcação já começa no setor ofensivo para ajudar o sistema defen­sivo. Um jogador não ganha o campeonato, mas o grupo ganha”, afirmou.

O Botafogo ocupa a quinta colocação do Grupo B, com 16 pontos — mesma pontuação do Ituano, quarto colocado, que leva vantagem no número de gols marcados. Ypiranga­-RS e Novorizontino somam 19 pontos e estão em primeiro e segundo lugares, respectiva­mente. Já o Criciúma é o ter­ceiro colocado com 17 pontos.

O Tricolor volta a cam­po no domingo (1º), às 16h, quando enfrenta o São José­-RS, fora de casa, pela décima rodada da Série C.