Weverton admite cobrança no Palmeiras por Paulistão: ‘Faz tempo que não ganha’

0
27
CÉSAR GRECO/AGÊNCIA PALMEIRAS

Perto da estreia do Pal­meiras no Campeonato Pau­lista, o goleiro Weverton admitiu a cobrança para a equipe voltar a conquistar o Estadual após 12 anos. O úl­timo título foi em 2008, “há muito tempo”, na avaliação do próprio jogador alviverde.

“Ganhar o Campeona­to Paulista é sempre muito bom, já faz um tempo (que não ganhamos), nos cobra­mos, falamos que é muito tempo, queremos ganhar. Va­mos procurar fazer isso. Des­de que o (técnico Vanderlei) Luxemburgo pisou aqui, o primeiro papo com a gente foi que era importante co­meçar largando bem. Então, estamos nos preparando para isso, montando uma equipe competitiva para tentar ga­nhar o campeonato. A pres­são vai existir sempre, joga­mos em uma grande equipe, mas não pode ser pesada ao extremo”, analisou.

O Palmeiras disputou o torneio amistoso Florida Cup durante a pré-temporada e fi­cou com o título ao vencer o Atlético Nacional, da Colôm­bia, nos pênaltis (após empate sem gols) e o New York City, dos Estados Unidos, por 2 a 1. Para Weverton, o elenco ainda vai melhorar a parte física. O goleiro também acredita que a diretoria vai acertar com re­forços para a temporada.

“O elenco está pronto, não está em seu 100% em condi­ção física, mas está prepa­rado. Sei que com o passar do tempo, pontualmente, o Palmeiras vai contratar. As pessoas acham que têm que ser de uma hora para outra, mas temos aqui uma base campeã e chegou um grande treinador para nos ajudar. O Palmeiras está no caminho certo. Creio que os reforços vão chegar conforme a ne­cessidade, mas não podemos esquecer que temos uma base campeã”, afirmou.

O Palmeiras faz o primei­ro jogo no Paulistão nesta quarta-feira contra o Ituano. A partida será realizada a partir das 19h15, no estádio Novelli Júnior, em Itu (SP). Embora o elenco alviverde ainda não esteja 100% fisica­mente, Weverton acredita em uma boa estreia.

“Quando entra em um campeonato e quer ganhar, não dá para esperar moleza. Jogar contra time do interior é sempre muito difícil, eles têm mais tempo de prepara­ção. O Ituano sempre dá tra­balho e sabemos que vamos encontrar dificuldade. Mas, com esses dois jogos que fize­mos (na Florida Cjup), já va­mos estar com nível de com­petitividade melhor. Lógico que ainda não vai ser com 100% da capacidade, mas dá para ter uma boa estreia”, dis­se o goleiro.

Comentários