AGU recorre no caso da máscara

0
21
MARCELLO CASAL JR./AG.BR.

A Advocacia-Geral da União recorreu da decisão que obriga o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a usar máscara de proteção fa­cial em espaços públicos do Distrito Federal. De acordo com o recurso, o presiden­te deve receber tratamento igual aos demais cidadãos e, na prática, a decisão dirigida a ele é mais “rígida” e “one­rosa”. O documento destaca ainda que a imposição é des­cabida, uma vez que já existe um decreto do governo local, em vigor desde 30 de abril, que regulamenta o uso do equipamento de proteção in­dividual (EPI).

Comentários