Alberto Fernández assume na Argentina

0
16
UESLEI MARCELINO/REUTERS

Por volta das 12 horas desta terça-feira (10), Mauri­cio Macri passou o bastão de comando e a faixa presiden­cial para o novo mandatário argentino, Alberto Fernán­dez. O novo presidente fez um discurso diante do Par­lamento e afirmou que quer ser o presidente que escuta, o presidente do diálogo. Al­berto Fernández acrescentou que os problemas da demo­cracia só se resolvem com mais democracia.

Fernández tem como vice a ex-presidente e ex-se­nadora, Cristina Kirchner. Eles venceram as últimas eleições, em primeiro turno, com 48% dos votos, enquan­to Macri obteve, em segundo lugar, 40%. O novo presiden­te herda um país com pro­blemas como o da dívida de 44 bilhões de dólares com o Fundo Monetário Ineterna­cional (FMI).

Há uma parcela de 11 bi­lhões da operação ainda a ser paga, mas Fernández anun­ciou que não pretende recor­rer a este empréstimo. Outro desafio do país é a inflação de quase 55% registrada este ano e o cenário socioeconômico de 40% da população na po­breza. No comando do país, Fernández ainda enfrentará debates e temas impopula­res, como o da legalização do aborto.