Jornal Tribuna Ribeirão

Bosque vai abrir neste feriado

JF PIMENTA/ARQUIVO

O Bosque e Zoológico Mu­nicipal Doutor Fábio de Sá Barreto vai permanecer aberto ao público neste feriadão do Dia de São Sebastião, padroei­ro de Ribeirão Preto, celebrado nesta quinta-feira, 20 de janei­ro. Apesar de a maioria das repartições públicas só reabrir na segunda-feira (24), o zoo não vai fechar entre hoje e do­mingo (23).

Toda a extensão ao ar livre estará aberta ao público no final de semana e no feriado, sendo possível caminhar pelas ruas e passarelas, inclusive o Jardim Japonês, contemplando toda a beleza ecológica, como as árvores centenárias e o bio­ma de Mata Atlântica caracte­rístico do local.

Há totens com álcool em gel ao longo do percurso de visitação e áreas técnicas para assepsia das mãos. O uso de máscara facial é obrigatório. O Bosque Fábio Barreto, conside­rado um dos mais importantes pontos gratuitos de lazer, tu­rismo e cultura de Ribeirão Preto, cartão postal da cidade, recebeu aproximadamente 95 mil visitantes no ano passado, durante a pandemia.

Quem for ao zoo poderá ver o urso de óculos Renan e a elefanta Maison, além de tu­canos, antas, quatis, onças, ja­carés, cisnes, Recanto das Aves e Praça das Aves, entre outros. A administração recomenda aos visitantes o distanciamento social. Também é recomenda­do o uso de garrafas de água individuais para que não seja necessário o uso de bebedou­ros públicos.

Por meio do “Uma nova chance”, o zoológico rece­be de munícipes, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar Ambiental, Instituto Brasi­leiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Re­nováveis (Ibama), secretarias de Meio Ambiente e outras instituições, animais silves­tres vítimas de maus-tratos, atropelamentos, queimadas, apreensões, entreoutrascausas.

O Bosque Fábio Barreto sempre desenvolveu um im­portante papel para os cuida­dos, tratamento e reabilitação de animais silvestres. Mesmo durante a pandemia, a atua­ção não parou. Com a evo­lução do programa, a equipe recebeu, até o mês de novem­bro, 1.136 animais das mais variadas espécies.

Na lista estão primatas (sa­guis, bugios, macacos-prego), gambás, cachorros-do-mato, raposas, lobos-guará, onças­-pardas, jaguatiricas, taman­duás, jiboias, cágados, jabutis, lagartos e inúmeras espécies de aves como gaviões, corujas, maritacas, periquitos, papa­gaios e alguns invertebrados e anfíbios ocasionalmente.

Informações sobre bichos silvestres feridos ou perdidos podem ser passadas para o Corpo de Bombeiros (telefone 193), Polícia Ambiental (3996- 0450) e o zoológico (99969- 2728). O Bosque Fábio Barreto fica na rua Liberdade s/nº, no bairro Campos Elíseos.

Atende presencialmente de quarta-feira a domingo, das nove horas às 16h30, com di­versas medidas de segurança para evitar a propagação da covid-19. Fecha aos feriados. Mais informações podem ser solicitadas pelos telefones (16) 3636-2283 e 3636-2513.

A entrada é franca. O zo­ológico tem cerca de 830 ani­mais de 156 espécies sob seus cuidados. O Bosque de Ribei­rão Preto está localizado no Parque Municipal Morro do São Bento, um espaço de lazer com 250.880 metros quadra­dos de muita área verde com Jardim Japonês, lagos, flores, quiosques, pontes, alamedas para caminhadas e um miran­te de 45 metros de altura.

No local existem 30 es­pécies de primatas, felinos e roedores, entre eles pumas, onças, capivaras, cervos, antas, saguis, micos raros e os diver­tidos macacos-prego. No setor de répteis faz sucesso o Ter­rário com suas serpentes pe­çonhentas e não peçonhentas (sem veneno).

Ainda tem lagos com tar­tarugas, lagartos e jacarés em extinção, como o jacaré-de-pa­po-amarelo. Já no Aquário do zoológico municipal existem peixes brasileiros de várias es­pécies, raias e lontras. Também há aves de todos os tipos, como araras e tucanos.

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
AllEscort