Botafogo encara o São Paulo na estreia do Paulistão

0
17
JOSÉ BAZZO/AGÊNCIA BOTAFOGO

O Botafogo está pronto para estrear no Campeonato Paulista. O Pantera encara neste domingo (28), às 19h, o São Paulo, no estádio do Mo­rumbi. Para a partida inaugu­ral do estadual, o técnico Ale­xandre Gallo não vai poder contar com quatro reforços por questões burocráticas.

Rafael Marques, Pará, Yan Victor e Luan chegaram do futebol do exterior e a jane­la de transferências interna­cional só abre no dia 1º de março, ou seja, esses atletas só estarão disponíveis para a segunda rodada, no confron­to diante do Guarani.

Outro que está fora da partida é o meio-campista Matheus Índio, que se lesio­nou durante o jogo-treino re­alizado contra a Inter de Li­meira. O clube não divulgou a gravidade da lesão e o tem­po de recuperação de Índio.

Além dos desfalques cer­tos, Gallo ainda tem dúvida em relação ao aproveitamen­to de alguns atletas por conta da condição física. Renati­nho, Victor Ramos e Helder, por exemplo, não participa­ram do jogo-treino porque estava aprimorando a condi­ção física.

É possível que o trio par­ticipe do duelo contra o São Paulo. Entretanto, nenhum deles é presença garantida no confronto. Caso tenha con­dição de jogo, Renatinho e Victor Ramos devem ser ti­tulares. Desta forma, Fabão e Emerson perderiam suas vagas – a dupla foi titular no jogo-treino contra a Inter.

Com a ausência certa de Pará, quem assume a lateral­-esquerda é o prata da casa Martineli. Aos 21 anos, o jovem participou de 8 jogos na Série B do ano passado, sendo cinco partidas como titular.

Assim, a linha defensiva do Botafogo deve ser forma­da por: Igor Bohn; Rodrigo Ferreira, Matheus Santos, Fabão (Victor Ramos) e Martineli.

Caso Renatinho tenha condições de jogo, quem dei­xa o time é o meio-campista Emerson. Nesta formação, Vinicius Kiss jogaria mais recuado e Renatinho fica res­ponsável pela armação de jo­gadas.

No comando do ataque, sem Matheus Índio, Michel Borges, contratado nesta se­mana, pode aparecer no time titular. Bem fisicamente e com a documentação regu­larizada, o jogador tem gran­des chances de aparecer no time titular.

Ainda no setor ofensivo, Kaio Magno foi o escolhido para a partida contra a Inter de Limeira. Entretanto, dian­te do São Paulo, Gallo pode apostar numa formação mais veloz. Denilson pode ganhar a vaga e Neto Pessôa aparecer como centroavante.

Um provável Botafogo para a estreia deve ter: Igor Bohn; Rodrigo Ferreira, Ma­theus Santos, Fabão (Victor Ramos) e Martineli; Emer­son (Renatinho), Victor Bolt e Vinicius Kiss; Michel Bor­ges, Kaio Magno (Denilson) e Neto Pessôa.

São Paulo
O adversário do Pantera, embora seja conhecido, será uma incógnita. De técnico novo – a partida contra o Bo­tafogo deve marcar a estreia de Hernán Crespo no São Paulo – o Tricolor do Mo­rumbi não teve tantas mu­danças para o Paulistão, afi­nal, o Campeonato Brasileiro terminou somente na última quinta-feira.

A única novidade em rela­ção a jogadores é Bruno Ro­drigues. Destaque da Ponte Preta na Série B, o atacante já está incorporado e treinando no São Paulo desde a semana passada. O jogador deve estar disponível para o duelo deste domingo.

O São Paulo deve entrar em campo com a seguin­te escalação: Tiago Volpi; Diego Costa, Bruno Alves e Arboleda; Igor Vinicius, Daniel Alves, Tchê Tchê, Luan e Reinaldo; Pablo e Luciano.