LUIZ COSENZO/AGÊNCIA BOTAFOGO

A vitória do Botafogo dian­te do Vila Nova colocou o Pan­tera novamente no G-4, mas não foi o ponto mais impor­tante do triunfo fora de casa. O tão sonhado “bom desem­penho” da equipe comandada por Hemerson Maria pôde ser visto, principalmente, na pri­meira etapa do confronto.

Com as linhas de marcação bem definidas, o sistema defen­sivo cresceu de produção e che­gou aos 4 jogos sem ser vazado. A melhora passa pelo entendi­mento dos atletas em relação ao sistema de jogo proposto pelo treinador. O amadurecimento da ideia na cabeça dos atletas trouxe maturidade para o fute­bol praticado.

Mais combativo, o Botafogo passou a desarmar mais. Com as linhas mais baixas, dando espaço para o adversário jogar até o meio­-campo e pressionando no terço defensivo, o Pantera dificulta o ad­versário e tem a possibilidade de roubar a bola numa posição mais confortável para contra-atacar.

O próximo passo do trei­nador, e mais difícil, é encon­trar o balanço ofensivo da equipe. A equipe ainda sofre com o baixo desempenho dos atacantes que atuam pelo lado do campo. Erick Luís, Bruno José e Diego Gonçal­ves tem colecionado jogos ruins e ainda dificultam o trabalho de Hemerson Maria.

Júlio César é o expoente técnico da posição, entretan­to, tem tido dificuldades físi­cas para render melhor. Con­seguindo aplicar o equilíbrio entre os setores, o Botafogo pode, de fato, entrar na briga por uma vaga na Série A do Campeonato Brasileiro.

O treinador, inclusive, destacou após o triunfo que está ciente de que o resulta­do foi importante, mas que a equipe ainda precisa de al­guns encaixes para elevar o nível de desempenho.

“O resultado foi muito bom, mas temos que melhorar muito para brigar por uma das quatro vagas no G-4. Ainda tenho que fazer minha equipe jogar um futebol consistente. Temos que melhorar para bri­gar por essa vaga. Precisamos de uma sequência de resulta­dos positivos, principalmente em casa, para trazer a torcida de volta. Vamos continuar tra­balhando com os pés no chão. Aqui não tem ninguém eufóri­co com a vitória”, afirmou.

Comentários