Botafogo vacila em casa novamente e perde para o Brasil de Pelotas

0
79

O Botafogo perdeu para o Brasil de Pelotas com o placar de 1 a 0 na noite desta segunda-feira (21) em partida disputada no estádio Santa Cruz. O gol do triunfo do Xavante foi anotado por Danilo Gomes. Com o revés, o Pantera chegou a terceira derrota consecutiva e não vence há seis partidas.

Agora, o Tricolor está na boca da zona de rebaixamento, na 16ª colocação, com apenas oito pontos somados. O próximo jogo do Botafogo é na sexta-feira, às 19h15, diante do CRB, novamente no estádio Santa Cruz.

Mesmo com caras novas, o problema do Pantera seguiu o mesmo. A falta de efetividade, que tem sido a tônica do Botafogo na competição, outra vez custou o resultado positivo.

Do outro lado, o velho conhecido Hemerson Maria, muito criticado nos tempos em que comandou o Botafogo, aplicou com maestria o seu sistema de jogo e abocanhou uma importante vitória em Ribeirão Preto.

O Jogo

A primeira etapa do duelo disputado no estádio Santa Cruz foi bastante equilibrada e movimentada. Com mais posse de bola e trocando muitos passes, como é característico dos times de Hemerson Maria, o Brasil conseguiu aplicar seu sistema de jogo.

O Botafogo, por sua vez, explorou bem os contra-ataques e novamente perdeu boas oportunidades de abrir o marcador. Aos 4 minutos, Ronald foi lançado na ponta direita, invadiu a área e bateu mascado. A bola bateu na trave e o Pantera quase saiu na frente do placar.

O Xavante respondeu aos 11 minutos. Matheus Oliveira cruzou na área para ninguém, mas, no quique da bola, Darley quase foi enganado e se esticou todo para fazer boa defesa.

O Brasil assustou novamente aos 24 minutos. Matheus Oliveira bateu de fora da área, Darley deu rebote, mas se recuperou e travou o chute de Jarro, dentro da pequena área, salvando o Botafogo.

No lance seguinte, aos 25 minutos, o Pantera puxou contra-ataque rápido, Ronald achou ótimo passe para Rafinha, que bateu chapado e quase surpreendeu o goleiro Rafael Martins.

Aos 30 minutos, Rafinha fez bela inversão para Ronald, que levou até o fundo e cruzou na área. Como elemento surpresa, Tanque apareceu no segundo pau e testou firme para o gol. A bola passou tirando tinta do gol do Xavante.

Diferente da primeira parte do jogo, a segunda começou mais morna e bastante truncada. Com muitos erros de passes, ambos os times esbarravam na falta de criatividade no setor de meio-campo.

Tentando dar mais vida ao setor ofensivo, Claudinei Oliveira promoveu duas estreias no Botafogo. Bady e Matheus Alessandro entraram nas vagas de Matheus Anjos e Rafinha.

Mesmo com mudanças ofensivas, ambos os times  continuaram com dificuldade para criar situações de perigo.

A partir dos 25 minutos, o Botafogo tentou fazer pressão, subiu as linhas de marcação e começou a encurralar o Brasil. Porém, com o time muito espaçado em campo, os buracos no meio dificultavam a transição das jogadas.

Apesar do Botafogo mais ofensivo, quem abriu o placar foi o Brasil. O time gaúcho subiu a marcação, o Pantera tentou sair jogando, mas Elicarlos se atrapalhou na entrada da área e perdeu a bola para Matheus Oliveira, que acionou rapidamente Danilo Gomes, dentro da área. O atacante soltou uma bomba de pé esquerdo e colocou o Xavante na frente.

Depois do gol, Claudinei deu sua última cartada e colocou Judivan e Guilherme Romão no time. As modificações deixaram o Pantera mais ofensivo, porém, o Tricolor teve muita dificuldade para superar o bem postado sistema defensivo do Xavante.

Sem conseguir furar o bloqueio, o Botafogo ficou apenas na tentativa e conheceu sua terceira derrota consecutiva na Série B. Com o resultado, o Pantera estacionou nos oito pontos e está na boca da zona de rebaixamento, na 16ª colocação.

 

Comentários