Botafogo vacila, marca no fim e arranca empate com o Juventude

0
108
Foto: José Bazzo/Agência Botafogo

Não foi desta vez que o técnico Moacir Júnior conseguiu emplacar sua primeira vitória no comando do Botafogo. O Pantera arrancou um empate nos minutos finais com o Juventude na noite desta quarta-feira (2), em partida disputada no Santa Cruz, e segue agonizando na Série B.

Wellington Tanque fez para o Tricolor e Rafael Grampola para os visitantes. Agora, o Botafogo tem 20 pontos ganhos e segue na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O Tricolor volta a campo no sábado, às 22h, diante do Cuiabá, na Arena Pantanal.

Mais uma vez o Pantera foi bem na partida e poderia ter saído com um resultado melhor. O meio-campo está mais leve e bem postado. Porém, segue pouco criativo. Vivendo basicamente de bolas alçadas na área, o time de Moacir Júnior, assim como o de Claudinei Oliveira, continua com muita dificuldade para colocar a bola na rede.

O jogo

Precisando da vitória, o Botafogo foi para cima do Juventude desde os primeiros minutos. Com mais posse de bola, o Pantera começou a criar chances para abrir o marcador logo de cara.

Aos 5 minutos, Val recebeu pelo lado direito e cruzou para Wellington Tanque, que emendou um lindo voleio e exigiu boa defesa do goleiro Marcelo Carné.

Na sequência, aos 11 minutos, Val soltou uma bomba do meio da rua e o goleiro do Juventude foi obrigado a fazer outra boa intervenção.

Aos 12 minutos foi a vez de Rafinha testar o goleirão. O camisa 11 do Tricolor dominou na entrada da área e bateu bem. Novamente Carné fez a defesa.

Depois da blitz inicial, o jogo passou a ficar mais igual. Tentando ganhar mais força no meio-campo, Pintado sacou Rafael Silva e colocou Matheusinho na partida.

A alteração melhorou o Juventude, mas quem quase marcou foi o Botafogo. Aos 38 minutos, Ronald levou até a linha de fundo e cruzou na área. Matheus Anjos subiu mais que os defensores e desviou de cabeça. A bola passou raspando a trave.

A melhor chance do Juventude veio somente aos 41 minutos e em grande estilo. A zaga do Botafogo cortou mal e o centroavante Rafael Grampola mandou de bicicleta. A bola passou muito perto do gol defendido por Darley.

Na volta da segunda etapa os times voltaram mais mornos e aos 11 minutos o técnico Moacir Júnior mexeu no time. Rafinha deu vaga para o estreante Cássio Ortega.

O Pantera seguiu melhor na partida, mas foi castigado aos 20 minutos. Bochecha cruzou na cabeça de Rafael Grampola, livre, que testou firme e abriu o placar no estádio Santa Cruz.

Tentando recolocar o Botafogo na partida, Moacir Júnior fez mais duas alterações. Wesley e Bady entraram nas vagas de Jonata Machado e Matheus Anjos.

As mudanças surtiram efeito e o Tricolor chegou ao empate. Aos 40 minutos, Ronald fez grande jogada pelo lado esquerdo e cruzo na área. Wellington Tanque, bem posicionado, pegou de voleio na bola e deixou tudo igual no Santa Cruz.

O Botafogo até tentou ensaiar uma pressão, Moacir trocou Ronald por Judivan, mas não deu tempo e o jogo terminou empatado.

Comentários