ALFREDO RISK

A liberação de um dos es­tacionamentos da Câmara de Vereadores, para os frequen­tadores do Parque Maurílio Biagi, começou no último final de semana. Tem 80 vagas, mas 65 serão disponibilizadas. Fica em frente ao Palácio Antônio Machado Sant’Anna, sede do Legislativo, onde fica o plená­rio Jornalista Orlando Vitaliano, palco das votações de projetos, requerimentos, indicações, con­gratulações, moções, etc.

O outro estacionamento da Câmara fica no piso tér­reo do Edifício Jornalista José Wilson Toni, o prédio anexo, não poderá ser usado pelos freqüentadores do parque, é destinado para os veículos ofi­ciais da Casa de Leis. São cerca de 30 automóveis oficiais. A liberação será permitida aos sábados, domingos e feriados, das oito às 20 horas, horário de funcionamento do espaço de lazer e esportes.

Em um primeiro momento, o frequentador poderá parar o veículo no estacionamento lo­calizado em frente ao Palácio Antônio Machado Sant’Anna, o prédio principal da Câmara. Mas para entrar no parque terá de usar uma das vias externas que dão acesso à área de lazer.

O Maurílio Biagi tem duas entradas. A da rua Elpídio Gomes está funcionando. A outra, localizada na Alameda Botafogo – ao lado do terminal de transporte urbano Doutora Evangelina de Carvalho –, está desativada desde 2016, ainda na gestão da ex-prefeita Dárcy Vera (sem partido).

Para permitir o estaciona­mento, a presidência da Câma­ra promoveu algumas medidas administrativas, como, por exemplo, a contratação de vi­gias que trabalharão nos finais de semana na guarita de entra­da do Legislativo. A estimativa é que, em cerca de 20 dias, a in­terligação entre o Parlamento e o parque deverá passar a ser feita internamente.

Para viabilizar esta ligação será instalada uma passare­la, pois os dois equipamentos públicos são separados pelo córrego Laureano. No início do ano, o secretário municipal de Obras Públicas, Pedro Luiz Pegoraro, disse ao presidente da Câmara, Alessandro Mara­ca (MDB), que uma passarela retirada da avenida Maria de Jesus Condeixa, no cruzamen­to com a avenida Doutor Fran­cisco Junqueira, na Zona Leste, seria instalada no local.

A liberação do estaciona­mento é inspirada no modelo utilizado pela Assembleia Legis­lativa de São Paulo. Desde 2015, a Alesp libera o estacionamento do Palácio Nove de Julho para os visitantes do Parque do Ibira­puera, na capital do estado.

Na manhã do último sábado (9), o prefeito Duarte Nogueira (PSDB), o secretário de Espor­tes, André Trindade, e um dos maiores skatistas de todos os tempos, Bob Burnquist – dez ve­zes campeão mundial, sete vezes eleito o melhor skatista do ano e maior medalhista dos X-Games, com 30 conquistas – inaugura­ram o moderno complexo de skate no Maurílio Biagi, com pistas de street e skate park.

O presidente da Câmara, Alessandro Maraca, o secretário da Casa Civil, Ricardo Aguiar, e o vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvi­mento Urbano, Daniel Gobbi (PP), também participaram. O equipamento trouxe outro visu­al para o município.

O projeto de Bob Burnquist foi idealizado pelo Instituto Nova Era, que fez a doação da planta e trouxe a parceria com o atleta para Ribeirão Preto. A pista tem cerca de quatro mil metros quadrados de área e irá reunir em um espaço comum várias modalidades do skate.

Também vai contar com arquibancada, espaço para juí­zes e atletas e toda a infraestru­tura que a atividade necessita, tornando-se uma das mais completas pistas do Brasil. A construção da pista estava or­çada em R$ 2.214.907,63, mas com a licitação, o custo foi re­duzido para R$ 1.660.652,95, gerando uma economia de 25% (R$ 554.254,68) aos co­fres públicos.