Casal deixa emprego para viver aventura

0
692
FOTOS: DIVULGAÇÃO

Imagina deixar uma vida estável para conhecer o mun­do e viver com o mínimo. Foi isso que o casal Rodrigo e Amanda fez. Eles deixaram Ribeirão Preto em novembro de 2018 e em um ano e meio conheceram 7 países, ficaram hospedados em 55 cidades e visitaram centenas de luga­res. Tudo isso de moto.

A economista Amanda Bezerra, de 26 anos, nascida em Ribeirão Preto, e o admi­nistrador de empresas Ro­drigo Guimarães, 35 anos, de Penápolis, trabalhavam juntos como consultores de finanças em uma TI da cidade.

No escritório ambos con­versavam diariamente sobre o mesmo sonho: viagens. “Nós percebemos que tínha­mos o mesmo ideal, objetivo que nossas ideias e sonhos batiam”, diz Amanda.

Ela conta que em feverei­ro de 2018 decidiram deixar o emprego e planejar a viagem. “Ficamos nove meses estudan­do e planejando o roteiro”. Nes­se período continuaram tra­balhando e juntando dinheiro. “Vendemos tudo o que tínha­mos para investir no projeto”, ressalta Rodrigo.

O planejamento foi feito nes­se período e em 15 de novembro decidiram iniciar o tour: conhe­cer 17 países, entre América do Sul, América Central e América do Norte. O projeto recebeu o nome de Journey2world.

Mas nem tudo ocorre como o planejado. “Isso acon­teceu logo no início e cogita­mos mudar a data de partida, mas batemos o pé e saímos em 15 de novembro”, lembra Amanda. “Iríamos começar pelas Cataratas do Iguaçu, na divisa, mas o emprego que tínhamos visto, não foi possí­vel”, fala Rodrigo.

Viagem sustentável
O casal planejou e utiliza uma plataforma colaborativa que conecta proprietários de hostels e viajantes do mundo todo. O propósito é promover a troca de trabalho por hospe­dagem, alimentação, aulas de idiomas e outros benefícios.

Havia esse planejamento no início, mas a troca de serviço por hospedagem não aconte­ceu. O primeiro emprego só foi possível 45 dias depois. Na prá­tica o projeto é simples, quanto mais economizar, mais tempo. Os trabalhos geralmente são por meio período e durante a semana. Ou seja, durante um período por dia e aos finais de semana, eles conhecem os lo­cais. “O bom é que não ficamos limitados aos pontos turísticos. Conhecemos a cultura e locais que são pouco explorados”, re­vela Rodrigo.

“Além disso, aderimos tam­bém a outros métodos para viabilizar nosso sonho. Desde vender doces na rua, fazer free­lancers online, investir na busca de trabalhos remotos, até a pro­dução e venda de conteúdos di­gitais”, acrescenta Amanda.

A viagem foi interrompida para “férias” em Ribeirão. “Per­corremos 7 países, somando 24.000 km rodados em 14 me­ses de viagem. Voltamos para ver nossas famílias, mas retor­namos em março ao projeto. Temos mais 15 meses e dez paí­ses pela frente. Vamos terminar no Canadá”, finaliza Rodrigo.

Os registros da jornada de Rodrigo e Amanda estão nas redes sociais: @jour­ney2world e pelo site www. journey2world.com.br.