CNH em papel será entregue via Correios

0
47

A partir desta sexta-feira, 15 de janeiro, as solicitações referentes à Carteira Nacional de Habilitação (CNH), como renovação, primeira e segunda via e CNH definitiva, deverão ser feitas exclusivamente com a entrega do documento físico pe­los Correios. O documento será enviado ao endereço de cadastro do motorista junto ao Departa­mento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP).

O motorista, porém, pode baixar, gratuitamente a versão digital do documento no mes­mo dia do exame médico. O ob­jetivo é diminuir a quantidade de pessoas dentro das unidades do Poupatempo e do Detran. SP em todo o Estado e, mesmo diante do aumento do número de casos da covid-19, manter as unidades abertas à população para atendimento de serviços essenciais que ainda precisam ser concluídos presencialmente.

De acordo com o diretor da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Pau­lo (Prodesp), Murilo Macedo, a previsão é que, com a medida, cerca de 450 mil pessoas deixem de comparecer aos postos de atendimento, recebendo os do­cumentos no conforto de casa. “Neste momento em que volta a aumentar o número de infec­tados pela pandemia em todo o país, os esforços do governo de São Paulo são para garantir que os cidadãos estejam protegidos, evitando deslocamentos desne­cessários”, explica Macedo.

Os processos de solicitação de CNH já são feitos de forma digital, pelo portal – www.pou­patempo.sp.gov.br – ou aplicati­vo Poupatempo Digital. Depois de realizar o exame médico nas clínicas credenciadas ao Detran. SP, basta o motorista aguardar as orientações que serão enviadas por e-mail para acessar a ver­são digital da CNH, que tem a mesma validade do documento em papel, e estará disponível em poucas horas no aplicativo Car­teira Digital de Trânsito (CDT).

O pagamento das taxas de emissão do documento e tam­bém do envio pelos Correios pode ser feito diretamente no banco, caixas eletrônicos ou in­ternet banking. Para conclusão da solicitação, é necessário clicar na opção com postagem. O ser­viço sem essa opção estará indis­ponível.

Com o código de postagem, o cidadão poderá rastrear o en­vio da Habilitação. O documen­to será entregue no endereço de cadastro do motorista junto ao Detran.SP. Mas é importante que, caso o solicitante não resida mais no endereço cadastrado, antes de solicitar o serviço onli­ne, ele deve fazer a alteração ca­dastral pelas plataformas digitais do Poupatempo. Lembrando que, como medida de seguran­ça, o cadastro deve ser feiro pelo próprio usuário.

Vale lembrar que a partir deste mês voltaram a valer os prazos para renovação da CNH em todo o país. Em 2020, a obri­gatoriedade da renovação havia sido suspensa, como medida de prevenção à Covid-19. O res­tabelecimento dos prazos para renovação da CNH engloba to­dos os condutores que tiveram habilitação vencida no período de 2020, ocorrerá a partir de 1º de janeiro de 2021, seguindo os meses de validade.

Além dos serviços de habili­tação, as plataformas digitais do Poupatempo oferecem diversas opções de serviços online, como carteira de trabalho, seguro-de­semprego, atestado de antece­dentes criminais, transferência e licenciamento de veículos, con­sulta de Imposto sobre Proprie­dade de Veículos Automotores (IPVA), entre outros.

São mais de 110 serviços que podem ser realizados sem sair de casa, pelo site ou aplicativo do programa. Atualmente, somente os serviços que dependem da presença do cidadão para serem concluídos, como primeira via do Registro Geral (RG), trans­ferência interestadual e mudan­ça na característica do veículo são oferecidos presencialmente. Nesses casos, é preciso agendar data e horário para ser atendi­do, também pelo site ou app do Poupatempo.