Foto: Divulgação / Jornal Tribuna

O proprietário de um posto de combustível, localizado na Avenida Brasil, entrou em contato com o jornal Tribuna para relatar que está tendo prejuízo por conta da construção de um viaduto na Avenida Thomaz Alberto Whately.

De acordo com o homem, que preferiu não se identificar, essa obra impossibilitou o fluxo de veículos em frente ao seu estabelecimento e fez com que sofresse uma redução no faturamento de cerca de 83%.

“Tem aproximadamente três meses que foi feita uma interdição de praticamente toda a Avenida Brasil. Dois quarteirões antes de mim [posto de combustível] foi feito um desvio, o que fez com que eu não tivesse mais fluxo de veículo em frente ao meu posto”, comentou.

Foto: Arquivo Pessoal

O dono do estabelecimento comentou que ainda é possível acessar sua loja, mas por uma rua lateral. Ainda segundo ele, mesmo com a interdição da via, as obras estavam paradas atualmente.

Contudo, a Secretaria de Obras, da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, negou tal informação. Por meio de nota, foi informado ao Tribuna que a obra segue o cronograma de trabalho. Além disso, completou dizendo que, no momento, “é aguardada a retirada dos postes de telecomunicações que se encontram no local.”