Deputado denuncia uso de van da Saúde

0
115
MICHEL JESUS/CÂMARA DOS DEPUTADOS

O deputado federal Ricar­do Silva (PSB-SP) apresentou requerimento na Câmara Fe­deral, endereçado ao Ministé­rio da Saúde, cobrando expli­cações sobre possível desvio de finalidade na utilização de uma van para transportar pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) em Ribeirão Preto.

Segundo o deputado, o ve­ículo comprado com recursos federais, teria deixado de aten­der pessoas com deficiência física para transportar motoci­cletas. A denúncia aponta que as motos seriam levadas para Sorocaba, a 300 quilômetros de Ribeirão Preto.

Após a manifestação da administração Jair Bolsona­ro, Ricardo Silva vai acionar o Ministério Público Fede­ral. “Por se tratar de verbas federais, estou acionando o Ministério da Saúde para ter todas as informações que comprovem esse desvio de função”, diz o deputado.

“Com isso, vamos mandar para a Procuradoria-Geral da República para que o Ministé­rio Público Federal possa pu­nir os gestores que estão preju­dicando a população”, afirma o deputado. A van tem o adesivo do “Viver sem Limite”, do Pla­no Nacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência.

O plano ressalta o com­promisso do Brasil com os princípios da convenção da Organização das Nações Uni­das (ONU) sobre os direitos das PCDs. Para sua efetivação, o governo federal investe vul­tosas quantias em recursos hu­manos e materiais destinados à Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência (RCPD).

A rede foi instituída no âm­bito do Sistema Único de Saú­de e executada conjuntamente com estados e municípios. Por meio de nota distribuída à imprensa, a Secretaria Mu­nicipal da Saúde informa que irá apurar os fatos e tomar as devidas providências.

Comentários