DIVULGAÇÃO/ HC

A equipe multiprofissional da Unidade de Queimados da Unidade de Emergência do Hos­pital das Clínicas (HC-UE) da Faculdade de Medicina de Ribei­rão Preto (FMRP) – vinculada à Universidade de São Paulo (USP) – promoverá um encontro entre a comunidade os pacientes atendi­dos no local e os que permanecem em atendimento ambulatorial e seus familiares.

Será nesta quinta-feira, 6 de junho, Dia Nacional de Luta con­tra Queimaduras. O evento tem entrada franca e é aberto à partici­pação da população em geral. Vai começar às oito horas, no Anfite­atro da Unidade de Emergência, localizado na rua Bernardino de Campus nº 1.000, no Alto da Ci­dade, Centro de Ribeirão Preto. O professor doutor Jayme Farina Ju­nior é o coordenador da Unidade de Queimados do HC.

Anualmente, a Unidade de Queimados do HC realiza três mil consultas, interna aproxima­damente 160 pacientes e realiza cerca de 250 cirurgias. A estima­tiva da Sociedade Brasileira de Queimaduras é de que pelo me­nos um milhão de acidentes desse tipo acontecem por ano no Brasil, sendo 300 mil em crianças.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Pediatria, as queima­duras são a quarta causa de morte entre as crianças. Na Unidade de Queimados do HC, anualmente, cerca de 40 crianças são interna­das vítimas de queimaduras gra­ves. Quando envolvem crianças, os acidentes geralmente são do­mésticos. Setenta por cento des­ses acidentes acontecem em casa, principalmente na cozinha.

Entre os acidentes mais co­muns nas crianças de até seis anos de idade, estão as escaldaduras, que são causadas pelo contato com líquidos quentes. Medidas de prevenção, evitando o fácil acesso das crianças a fósforos, produtos inflamáveis e ferros de passar rou­pa, podem preservar vidas. Nos adultos, os casos podem ocorrer em casa, no trabalho ou relaciona­do com rede elétrica.

A partir dos sete anos e nos adultos as lesões que ocorrem com mais frequência são as cau­sadas pelo contato com combus­tíveis inflamáveis, tais como: a gasolina, o querosene e o álcool líquido do uso doméstico. Houve também aumento de 15% a 20% nos acidentes de trabalho, prin­cipalmente com trauma elétrico e uso de fogareiros rechaud para aquecer panelas.

Encontro no HC
O evento contará com a par­ticipação do Corpo de Bombei­ros com a palestra “Prevenção de queimaduras e socorro emer­gencial no local do acidente”. Em seguida, a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ministrará a palestra “Cui­dados iniciais e transporte das víti­mas de queimaduras”.

Logo após haverá ativida­des da equipe multiprofissional com a participação de pacientes e também ações da Liga Acadê­mica de Cirurgia Plástica (Lacip) na prevenção de queimaduras. O objetivo é alertar a população para a necessidade de prevenção de queimaduras.

Também vai informar sobre os perigos que elas representam, como preveni-las e orientações quanto aos primeiros socorros. As atividades programadas para este dia pretendem trazer impactos po­sitivos para as pessoas que sofre­ram acidentes por queimaduras, assim como para a comunidade.

Unidade do HC vai passar por reforma
Com necessidade de reforma e modernização há bastante tempo, a Unidade de Queimados da Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas (HC-UE) da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) – vinculada á Universidade de São Paulo (USP) – receberá investi­mentos estimados em cerca R$ 2 milhões.

ALFREDO RISK
ALFREDO RISK

O local terá sua atual estrutura física de dez leitos reformada e modernizada, com a possibilidade de ampliação para até 14 leitos. O atendimento ambulatorial continuará no local, mas com um novo flu­xo de usuários. A estrutura do local prevê dois consultórios médicos, uma sala de curativos, um consultório para atendimento da equipe multidisciplinar e uma sala para atendimento da fisioterapia.

Única na região, a Unidade de Queimados oferece atendimento integral aos que sofrem queimaduras, iniciando o tratamento ime­diatamente após o acidente, na fase aguda, até a sua recuperação O paciente pode evoluir com muitas sequelas, com comprometimentos da sua qualidade de vida, assim como da sua família, necessitando de um tratamento contínuo e longo.

Comentários