Jornal Tribuna Ribeirão

Distrito Empresarial – RP ‘leiloa’ 13 áreas do parque industrial

JF PIMENTA/ARQUIVO

A prefeitura de Ribeirão Preto disponibilizou 13 lotes para venda no Distrito Em­presarial Prefeito Luiz Rober­to Jábali, na Zona Norte, por meio de processo licitatório de maior oferta. A última fase do leilão ocorreu na ma­nhã desta terça-feira, 30 de novembro, na Comissão de Licitação da Secretaria Muni­cipal de Administração.

A abertura dos envelopes com as propostas registrou lances para todas as áreas dis­poníveis. Inicialmente, 17 em­presas entregaram propostas e 15 foram habilitadas. As 13 áreas medem entre 861,21 me­tros quadrados e 4.793,25 m², avaliadas entre R$ 208.120 e R$ 1.158.336,79.

A partir da assinatura do contrato de compra e venda, os empresários terão prazo de 90 dias para apresentar o pro­jeto de construção da unida­de produtiva e 24 meses para construir, implantar e fazer funcionar a unidade. Todas as informações oficiais atu­alizadas da concorrência nº 002/2020 – processo de com­pras nº 054/2020 – estão no site www.ribeiraopreto.sp.gov.br, em pesquisa de licitações.

Eduardo Molina, secretário de Inovação e Desenvolvimen­to, ressalta que a venda dos 13 lotes de terra em área comer­cial empresarial é uma grande oportunidade de geração de emprego e renda, e estimula o aquecimento da economia local, com a vinda de mais em­presas para Ribeirão Preto.
“Com o fim de atrair mais investimentos empresariais a nova lei de parcelamento uso e ocupação do solo permitirá que novas regiões da cidade sejam objeto de loteamentos empresariais, abrindo espaço para instalação de empresas”, diz Molina.

Localizado na região Norte da cidade, o Distrito Empresa­rial tinha cerca de 70 empresas instaladas e é dividido em três etapas. A terceira e última, que possui área de 605 mil metros quadrados, recebeu mais de R$ 18 milhões de investimentos do município e foi entregue pelo prefeito Duarte Noguei­ra (PSDB) no dia 18 de julho de 2018.

Recebeu importantes obras de infraestrutura, como 5,7 quilômetros de pavimentação asfáltica, canalização do cór­rego do Simioni, implantação de 4.745 metros lineares de galerias pluviais, 4.945 metros de rede de água e esgoto, 3.272 metros quadrados de ciclovias, 9.842 metros de guias e sarje­tas, 134 placas de sinalização vertical e iluminação do local.

O local também é atendido por transporte público, com a linha de ônibus Centro/Dis­trito Empresarial – Linha B 601. A localização estratégica – a seis minutos da Rodovia Anhanguera (SP-330), no en­troncamento com a Rodovia Alexandre Balbo (SP-328, o Anel Viário Norte), a 16 mi­nutos do Aeroporto Estadual Doutor Leite Lopes e a 24 mi­nutos do Centro da cidade – é outro atrativo para os negócios.

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com