Divulgação/DIG

Um empresário goiano denunciou a dupla que mora no bairro Nova Aliança Sul em Ribeirão Preto

 

Uma mulher e um comparsa foram detidos na manhã desta quinta-feira (19) em um apartamento na rua Horácio Pessine, Nova Aliança, zona Sul de Ribeirão Preto, acusados de extorsão.

Segundo o delegado da DIG, César Augusto de França, a mulher se envolvia com homens casados através de aplicativos de relacionamentos, pedia fotos em que as vítimas apareciam nuas e, depois, junto com o parceiro, exigiam dinheiro e “presentes” para não revelar as imagens.

As investigações confirmaram as suspeitas dos policiais civiis, que a dupla já havia cometido extorsões com vítimas de outras cidades e estados.

Um mandado de busca e apreensão foi cumprido no apartamento onde a dupla morava.

O “modus operandi” dos indiciados consistia no envolvimento da mulher com homens casados, que conhecia em sites de relacionamento, e depois extorquia dinheiro das vítimas para não divulgar fotos íntimas que eram enviadas durante as conversas.

A nota divulgada pela DIG esclarece que “o casal exigia depósitos bancários para não compartilhar as fotos que os homens enviavam, causando uma situação vexatória e humilhante”, concluiu.

No apartamento foram apreendidos R$ 10 mil em dinheiro e os celulares dos investigados, que confirmar o crime aos policiais civis.

Na Polícia Civil a dupla depois da denúncia de um empresário de Goiás, que foi vítima dos indiciados.Os investigadores trabalham, agora, para identificar outras vítimas que o casal.

Comentários