JOSÉ BAZZO/AGÊNCIA BOTAFOGO

Depois de vencer os dois primeiros confrontos na Sé­rie C, o Botafogo recebe neste sábado, às 17h, o Mirassol, no estádio Santa Cruz. Para a partida, o técnico Argel Fu­chs tem praticamente todo o elenco à disposição.

Os únicos desfalques são o atacante Dudu Hatamoto, que se recupera de uma le­são no tornozelo, e o volante Emerson Santos, que tam­bém tem um problema de lesão, mas que não foi espe­cificado pelo Pantera. Outro que está fora do confronto é o atacante Rafael Marques, que já está recuperado de lesão, mas não foi relacionado por opção de Argel.

Por outro lado, a lista de convocados do treinador para o jogo tem duas novi­dades importantes. O volan­te Djalma e o atacante Ariel estão à disposição. Djalma foi o sétimo reforço contratado pelo Pantera. Ele está treinan­do com o grupo desde o dia 25 de maio. Ariel foi o último dos oito reforços contratados pelo clube para a competição. Ele chegou na semana passa­da, passou por exames médi­cos e físicos e foi anunciado no último domingo.

Outra novidade é a pre­sença do meia-atacante Wes­ley, revelado nas categorias de base do clube. O jovem armador tem sido elogiado por Argel e pode receber sua primeira oportunidade com o treinador.

Na entrevista antes da partida, o comandante bota­foguense analisou o confron­to. Para ele o jogo será pare­lho e projetou um Botafogo melhor do que nas rodadas anteriores.

“Será um jogo parelho, muito equilibrado. Temos que evoluir em todos os as­pectos e jogar mais do que jogamos contra o São José e Paraná para conquistar o re­sultado positivo. Temos que ser um time competitivo e or­ganizado e pensar cada jogo como se fosse o último. Com os pés no chão, vamos buscar a vitória do começo ao fim do jogo”, afirmou.

A única modificação em relação ao time que venceu o Paraná é a saída de Emerson. A tendência é que Victor Bolt ganhe a posição. Djalma cor­re por fora. Outra alternativa é a entrada de Rafael Tavares. Desta forma, o time botafo­guense fica mais ofensivo.

O Botafogo deve ir a cam­po com a seguinte escalação: Igor Bohn; Rodrigo Ferrei­ra, Fabão, Matheus Santos e Pará; John Everson, Victor Bolt (Rafael Tavares) e Gusta­vo Xuxa; Luketa, Neto Pessôa e Bruno Michel.

O adversário deste sába­do, o Mirassol, está entalado na garganta do técnico Argel Fuchs. Desde que chegou ao Botafogo, o treinador só per­deu uma única partida, jus­tamente para o Mirassol. No Campeonato Paulista, o time comandado por Eduardo Baptista bateu o Tricolor por 2 a 1. A estatística é um in­grediente a mais para o con­fronto no Santão.