Na manhã desta terça-fei­ra (5), em entrevista coletiva virtual, Eduardo Barrichello anunciou que vai dar início à carreira no automobilismo europeu nesta temporada. Aos 19 anos, Dudu, filho do Rubens Barrichello, disputa­rá a F3 Regional (antiga F3 Europeia) na equipe italiana JD Motorsport.

“Ainda não tive a oportu­nidade de andar na Europa. Serão 10 corridas em pistas totalmente novas para mim. Vai ser especial. O automobi­lismo é minha paixão e sei que este passo será fundamental para realizar o sonho de viver profissionalmente do esporte”, disse o jovem piloto.

O torneio é uma novidade proposta para 2021 pela Fe­deração Internacional da mo­dalidade (FIA) e será a junção da Fórmula Renault Eurocup com a Fórmula Regional eu­ropeia. No ano passado, seis equipes com até três carros es­tiveram na F3 Regional e oito na Eurocup.

“Esse é o último degrau an­tes das categorias de base que fazem os eventos suporte da F1 (como a F3 e F2). O cam­peonato confere ao vencedor mais de 50% dos pontos ne­cessários para a obtenção da superlicença da Fórmula 1″, completou. Em 2020, Gianluca Petecof representou o Brasil na F-Regional, sendo campeão. O também brasileiro Caio Collet foi vice na F-Renault Eurocup.

“Quando o Eduardo pe­diu o primeiro kart eu achei que aquilo poderia ser uma coisa atemporal, mas esse menino foi pedindo cada vez mais e mais. Vi que o sonho dele era mesmo ir correr na Europa. E graças a Deus e aos nossos apoiadores estamos conseguindo viabilizar esse objetivo”, disse Rubens Bar­richello, que também esteve presente na coletiva.

Em 2020, Eduardo foi vi­ce-campeão da USF2000, nos Estados Unidos, conquistando três vitórias e um total de nove pódios ao longo do ano, sendo superado somente pelo dina­marquês Christian Rasmussen.