30 C
Ribeirão Preto
20 de abril de 2024 | 14:50
Jornal Tribuna Ribeirão
Garçom fugiu antes da chegada da Polícia Militar, mas celular com vídeos feitos no banheiro do restaurante foi apreendido (Foto: Alfredo Risk)
Início » Garçom é flagrado filmando mulher no banheiro de restaurante na zona Sul
DestaquePolícia

Garçom é flagrado filmando mulher no banheiro de restaurante na zona Sul

Assim que foi descoberto, homem deixou cair o celular e fugiu do local para evitar ser preso

Por: Adalberto Luque

Um garçom foi flagrado por uma cliente enquanto filmava ela no banheiro de um restaurante na City Ribeirão, zona Sul de Ribeirão Preto. O fato ocorreu no final da noite desta quarta-feira (27).

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), uma empresária de 35 anos foi ao banheiro feminino do restaurante e, no box, teria ouvido um ruído. Ao olhar para cima, viu o homem com um celular filmando, enquanto ela utilizava o sanitário.

Já fora do box, a vítima teria discutido com o homem, que permaneceu calado. Em seguida, na tentativa de apagar as imagens, ele deixou cair o celular e a mulher apanhou o aparelho. O garçom, então, saiu do local.

A vítima teria pedido ajuda a outros funcionários, mas de acordo com o BO, o homem conseguiu fugir pulando o muro dos fundos do restaurante. Consta no BO que no celular, que estava desbloqueado, havia vídeos de várias mulheres utilizando o banheiro.

A empresária foi até a Central de Polícia Judiciária (CPJ) e formalizou a queixa. O delegado de plantão determinou que o celular fosse apreendido e registrou o caso como importunação sexual, com apreensão de objeto.

O garçom foi identificado e a direção do restaurante forneceu todas as imagens de câmeras de segurança para a Polícia Civil. Em nota, a direção do restaurante lamentou publicamente o ocorrido. De acordo com a empresa, o homem estava em seu quinto dia de trabalho. Na nota, informa que a equipe teria abordado o garçom e acionou a Polícia Militar, mas ele teria fugido.

“Nos solidarizamos com a vítima, pedimos desculpas e nos colocamos à total disposição dela e de todas as autoridades. Reavaliaremos todos os processos de contratação de pessoas para que situações assim não mais ocorram”, diz a nota, que conclui: “Esperamos que a atitude isolada de um cidadão que não mais nos representa não prejudique a imagem, a competência, a honestidade e o excelente trabalho dos mais de 160 colaboradores que hoje lutam diariamente em nossas unidades e sustentam suas famílias.”

Mais notícias