Gotham Awards divulga vencedores

0
21

O Gotham Awards 2020, prêmio dedicado às produ­ções independentes, realizou sua cerimônia virtualmente na noite de segunda-feira, 11 de janeiro. Entre surpresas e em­pates, “Bacurau”, representante brasileiro na categoria melhor filme internacional , não saiu vitorioso, perdendo para o me­xicano “Identifying Features.

“Watchmen” e “I May Destroy You” se destacaram nas categorias de TV, e ainda teve um tributo emocionan­te à Chadwick Boseman, de “Pantera Negra”. Os grandes vencedores da noite foram Riz Ahmed, como melhor ator por “O Som do Silêncio”; e Nicole Beharie, como melhor atriz por “Miss Juneteenth”.

Um dos destaques também aconteceu na categoria final, melhor filme, em que todos os indicados foram dirigidos por mulheres. Quem se con­sagrou foi “Nomadland”, de Chloe Zhao. “Bacurau”, de Kle­ber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, também está fora do Oscar, por enquanto.

A Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais anunciou, em 18 de novem­bro, que o longa-metragem “Babenco – Alguém tem que ouvir o coração e dizer: parou”, produzido e dirigido pela atriz Bárbara Paz, representará o Brasil na disputa por uma vaga na categoria Melhor Filme Es­trangeiro (de língua não ingle­sa) no Oscar 2021.

O filme fala sobre a tra­jetória do cineasta Hector Babenco (1946-2016), que foi marido de Bárbara Paz, e também é uma coprodução com a emissora GloboNews, de TV por assinatura. O lon­ga-metragem já foi premiado como melhor documentário no Festival de Veneza de 2019 e no Festival de Viña Del Mar, no Chile, em 2020.

Exibido em maio de 2019 no Festival Internacional de Cinema de Cannes, na Fran­ça, “Bacurau” foi o vencedor do Grande Prêmio do Júri. Apenas um filme brasilei­ro tinha ganho este prêmio anteriormente: “O Pagador de Promessa”, de Anselmo Duarte, em 1962. Também venceu o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro e o prêmio de melhor filme no 29º Festi­val de Cinema Fantástico da Universidade de Málaga.

O ex-presidente dos Esta­dos Unidos, Barack Obama, citou “Bacurau” em sua lista de obras audiovisuais preferidas de 2020. Na lista do democra­ta, está ao lado de filmes como “A Voz Suprema do Blues”, “Mank” e “Nomadland”. Entre as séries, Obama listou “I May Destroy You”, “O Gambito da Rainha”, “The Good Place” e “Mrs America”.

Gotham Awards 2020
Na categoria melhor rotei­ro houve empate entre “The Forty-Year-Old Version”, de Radha Blank, e “Fourteen”, de Dan Sallitt. Andrew Patterson levou o prêmio de melhor di­rector estreante por “The Vast of Night”. “A Thousand Cuts”, da diretora Ramona S. Diaz, foi escolhido como melhor documentário. Kingsley Ben­-Adir levou a estatueta de me­lhor ator ou atriz estreante por “One Night in Miami…”.

Comentários