Foto: Divulgação / Polícia Militar

Questionado, o autor disse à Polícia Militar que as agressões seriam para educar o animal

Um homem, que não teve a identidade revelada, foi preso na quarta-feira, 9 de junho, por maus-tratos contra uma cadela da raça pastor alemão. O autor foi detido em sua residência, no bairro Adelino Simioni, na zona Norte de Ribeirão Preto.

Segundo a Polícia Militar, os agentes tomaram conhecimento do caso após uma denúncia feita pela organização Cão Paixão, a qual informou que estava de posse de filmagem na qual um indivíduo estaria maltratando e agredindo uma cadela.

Diante da denúncia, os agentes se direcionaram até o imóvel do suspeito. Este, ao ser questionado sobre as gravações, disse que realmente se tratava dele e que as agressões seriam para educar o animal.

Posteriormente, foi dada voz de prisão em flagrante ao proprietário do animal. O homem foi conduzido até a Central de Polícia Judiciária (CPJ), juntamente com a cachorra vítima de agressão.

Na unidade policial, foi ratificada a prisão em flagrante pelo crime de maus-tratos. A cadela foi deixada sob tutela da diretora da organização Cão Paixão. O caso foi registrado e ainda deve ser investigado pela Polícia Civil.