Jornal Tribuna Ribeirão

IBGE vai contratar 209.024 temporários

© Tânia Rêgo/Agência Brasil

O Ministério da Econo­mia autorizou o Instituto Bra­sileiro de Geografia e Estatís­tica (IBGE) a contratar, por tempo determinado, 209.024 profissionais para atuar na realização do Censo De­mográfico 2022. A decisão consta de duas portarias pu­blicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-fei­ra, 3 de dezembro.

De acordo com o ato, o prazo de duração dos contra­tos será de até um ano, po­dendo ser prorrogado desde que devidamente justificado. O IBGE definirá a remunera­ção dos profissionais a serem contratados e o prazo para pu­blicação do edital de abertura de inscrições para o processo seletivo simplificado (PSS) será de até seis meses, contado a partir de ontem, data de pu­blicação das portarias.

Do total de profissionais a serem selecionados, 5.500 são para o cargo de agente censitário municipal; 18.420, para agente censitário super­visor; 183.100 para recense­ador; 31, para coordenador censitário de área; 1.781, para agente censitário de admi­nistração e informática; 180, para agente censitário de pesquisa por telefone; e doze para supervisor censitário de pesquisas e codificação.

As despesas com as contra­tações autorizadas correrão à conta das dotações orçamentá­rias do IBGE. No entanto, elas ficam condicionadas à declara­ção do ordenador de despesas responsável quanto à adequa­ção dos novos gastos com a Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com o Plano Plurianual e com a Lei de Di­retrizes Orçamentárias.

Haverá vagas em todos os municípios do país. A Funda­ção Getúlio Vargas (FGV) é a empresa organizadora. No ano passado, por causa da pande­mia, o IBGE suspendeu as pro­vas do processo seletivo para recenseadores e agentes censi­tários que estavam marcadas para 18 e 25 de abril. A decisão foi tomada devido ao corte de 96% dos recursos previstos no Orçamento Geral da União.

Por meio de nota divulgada nesta sexta-feira, o IBGE infor­ma que, sempre por meio de seus canais oficiais, divulgará em breve novos comunicados relacionados ao cronograma de inscrições para o novo con­curso, devolução das taxas do PSS cancelado no ano passado e outros informes.

No ano passado foram anunciadas 204.307 vagas tem­porárias, das quais 181.898 para a função de recenseador, 16.959 para a atividade de agente censitário supervisor e 5.450 para o cargo de agente censitário municipal. Foram abertas 721 vagas para Ri­beirão Preto – 652 recense­adores e 69 agentes censitá­rios. Franca tinha 337 – são 307 de recenseador e 30 de agente censitário.

Na macrorregião seriam 2.645 empregos temporários, sendo 2.365 para recenseador e 280 para agente censitário municipal (79) e supervisor (201). O salário previsto para agente censitário municipal era de R$ 2.100; para agente supervisor é R$ 1.700.

Já a remuneração do re­censeador seria por produ­ção, calculada por setor cen­sitário, conforme taxa fixada, unidades recenseadas (domi­cílios urbanos e/ou rurais), tipo de questionário (básico ou amostra), pessoas recen­seadas e registro no controle da coleta de dados.

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com