ALFREDO RISK/ARQUIVO

O Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo (Imesc), em parceria com o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP), farão 1.200 perícias em mutirões que serão realizados nas regiões admi­nistrativas judiciárias (RAJ) de Ribeirão Preto, Presidente Prudente e São José do Rio Preto. As ações acontecem entre 12 e 26 de junho, com 400 agendamentos em cada, totalizando 1.200 procedi­mentos periciais.

A primeira ação tem iní­cio neste sábado, 12 de junho, em Ribeirão Preto, das sete às 13 horas, na rua Otto Bens nº 955, Nova Ribeirânia, com 400 agendamentos já registrados. O objetivo é sanar as perícias de medicina legal que se en­contram reprimidas, em fun­ção do fechamento dos fóruns, devido à pandemia. Os atendi­mentos acontecerão aos sába­dos para evitar aglomeração.

As pessoas que precisarem ser periciadas e não tiverem condições de se locomoverem até dentro dos locais de aten­dimentos, serão avaliadas em ambulâncias e veículos que fi­carão nos estacionamentos dos pontos indicados, em formato “drive thru”.

O secretário da Justiça e Cidadania e superintendente interino do Imesc, Fernando José da Costa, alerta que as perícias médicas realizadas pelo Imesc são solicitadas via processo judicial e, portan­to, somente serão atendidas aquelas previamente intima­das pelo Judiciário.

“Nesta ação vamos prio­rizar o atendimento em drive thru, para oferecer maior co­modidade e segurança diante da situação que estamos vi­venciando com esta pande­mia”, destaca Fernando José da Costa. Uma nova agenda está sendo trabalhada para atender outras RAJs no mês de julho.

Os procedimentos nesses mutirões serão para analisar quadro de saúde de pessoas com doenças com Alzhei­mer, demência senil, sequelas de acidente vascular cerebral (AVC), paralisia cerebral, ações securitárias, previdenci­árias, solicitações de medica­mento e tratamento médico, dentre outras.