Sede do Grupo Leão Leão, na avenida Thomaz Alberto Wately em Ribeirão Preto

Grupo com atuação em infraestrutura de rodovias era composto por quatro empresas

O juiz Guilherme Stamilo Santarelli Zuliani, auxiliar da 6ª. Vara Cível da Comarca de Ribeirão Preto decretou, na última quarta-feira (13), a falência do Grupo Leão Leão, formado pelas empresas Leão & Leão Ltda.; Infrapar Participações Ltda.; CFO Engenharia Ltda. e Engenharia e Construções Carvalho Ltda., por “descumprimento do plano de recuperação judicial”.

Com sede em Ribeirão Preto, o Grupo atuava em todo o estado, no setor de pavimentação, manutenção, construção e infraestrutura de rodovias. O pedido de recuperação judicial havia sido formulado à Justiça em fevereiro de 2013. Na época, a empresa contava com 630 funcionários e, segundo um dos advogados do grupo, a holding devia para bancos, fornecedores e tributos, apesar de estar com salários em dia.

Foto: Google Maps

Comentários