Larga Brasa

0
42

Desculpas para descumprir acordos
O acordo fechado, no “ fio do bigode’ entre os vereadores que criaram um grupo fechado para votação da Mesa da Câmara Municipal sinaliza que pode estar abrindo brechas. O vereador Fabiano Guimarães teria a vez na próxima eleição de ocupar o cargo de Presidente, mas começaram a surgir boatos, segundo os quais ele teria resistência por parte de graduados funcioná­rios do Legislativo. Em entrevista ao programa Larga Brasa ele garantiu que este argumento é próprio de quem quer ruir o acor­do, o que na política é levado muito a sério e quem pratica tal ato pode ter resistências para o resto do mandato.

Onde tudo começou
Três eram os possíveis candidatos a Presidência da Edilida­de no ano de 2018, na última sessão. O grupo estava fecha­do. Disputariam os votos Lincoln Fernandes, Maraca e Fabiano Guimarães. Alessandro Maraca declinou de participar da eleição como Presidente. Lincoln e Fabiano se abraçaram e partiram para a votação. Lincoln obteve o apoio de Fabiano Guinarães com a promessa segundo a qual neste ano, Fabiano seria o Presiden­te. O grupo pode ruir. Fabiano cobra a sua vez e vaga.

Ao longe e parece distante
Por outro lado, o prefeito Nogueira que parece não estar parti­cipando das eleições do Legislativo, tem braços longos e visão mais aguçada. De cima do Morro do Bosque visualiza os qua­drantes do próximo ano e pode, indiretamente incluenciar deci­sões. Campo e material ele possui. O esquema atual não o atrai.

Glaucia é candidata
Glaucia Berenice, que conversa com Andre Marques a possibi­lidade de se transferir para o DEM, junto com sua prima Vivia­ne Alexandre, garante que não deixa o “cavalo passar arriado”. No entanto, quem fica no aguardo das démarches é Lincoln Fernandes que embora negue, ficaria no cargo em uma even­tual reeleição. Muita água há de passar pór sob as ponte.

Outro grupo
Há um outro grupo aguardando o ‘frigir dos ovos’ para entrar na disputa. Conta com vereadores de Nogueira e até contrá­rios, mas que não estão de acordo com as negociações atuais. Para quem não sabe, as eleições ocorrerão na ultima sessão da Câmara no mês de novembro.

Comentários