ALFREDO RISK/ARQUIVO TRIBUNA

Concorrência que passará para a iniciativa privada 22 aeroportos regionais do Estado, entre eles, o Leite Lopes, acontecerá na Bolsa de Valores

O governo do estado de São Paulo realiza nesta quinta-feira (15/7), o leilão de 22 aeroportos regionais do Estado de São Paulo, entre eles, o Leite Lopes de Ribeirão Preto. A concorrência internacional acontecerá, às 14 horas, na sede da B3, na Bolsa de Valores do Brasil, em São Paulo e terá a participação do prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira (PSDB).

Os aeroportos estão divididos em dois blocos – Noroeste e Sudeste – e a concessão terá prazo de 30 anos. Poderão participar da licitação empresas nacionais ou estrangeiras, consórcios, instituições financeiras e fundos de investimentos.

Além de apresentar a maior proposta de outorga fixa, o vencedor terá de comprovar qualificação técnica em gestão aeroportuária, seja da própria empresa ou consórcio, ou de pessoas de sua equipe ou mesmo por meio de subcontratação qualificada. A previsão é de mais de R$ 447 milhões em investimentos por parte da iniciativa privada.

Antes da pandemia, em 2019, o Aeroporto Estadual Doutor Leite Lopes registrou alta no fluxo de passageiros em comparação com 2018, fechando no primeiro lugar do ranking do Daesp. Passaram pelo terminal ribeirão-pretano 923.617 viajantes, até 31 de dezembro de 2019. Os embarques e desembarques aumentaram 5,3% em comparação com os 877.356 de 2018, ou 46.261 passageiros a mais. Os números indicam que, por dia, 2.530 pessoas passaram pelo aeródromo em 2019.