Lincoln Fernandes vira candidato e Gandini desiste

0
2205
FOTOS: ALFREDO RISK

Reviravolta no tabuleiro eleitoral das eleições municipais deste ano aconteceu neste sábado

O juiz aposentado João Donizete Gandini anunciou na manhã deste sábado sua desistência de concorrer a prefeitura de Ribeirão Preto. O comunicado foi feito ao MDB, mas não foi informado o motivo da desistência. Especula-se que ele teria ficado descontente por não ter conseguido emplacar a empresária e jornalista Dulce Neves como sua vice. Ela é do Podemos, mas sofreu resistência dentro do MDB porque vários pemedebistas não concordaram com a indicação pelo fato dela ter tido uma proximidade política e pessoal com a então prefeita Dárcy Vera.

Com a desistência de Gandini o MDB pode seguir os seguintes caminhos. O primeiro, se coligar e indicar o vice na chapa de Lincoln Fernandes (PDT). Neste sábado em convenção, o partido homologou Lincoln como candidato a prefeito.

A segunda opção seria lançar outro candidato. Até porque a agência para a campanha de Gandini já havia sido contratada. O MDB pode ainda ficar fora da eleição majoritária.

Uma outra hipótese ventilada no meio político seria a legenda apoiar a candidatura a prefeito do coronel Luis Usai do PRTB. A hipótese que já começou ser negociada e que tem mais chances de ser viabilizada é a coligação com o PDT.

Sueli Vilela – O Partido Socialista Brasileiro (PSB) do deputado federal Ricardo Silva também homologou neste sábado o nome da professora Sueli Vilela para concorrer ao cargo de prefeita, pelo partido.

O nome de Sueli foi escolhido depois que Ricardo Silva desistiu de sair candidato pela legenda para se dedicar ao trabalho em Brasília. O parlamentar afirmou quando da desistência que se dedicará a defender projetos e recursos que beneficiem Ribeirão Preto e a região.

Sueli Vilela é professora universitária. Foi reitora da Universidade de São Paulo e a Secretária da Educação no começo da administração Duarte Nogueira (PSDB). Em 2018 disputou a eleição para deputada estadual pelo PSB, mas não conseguiu se eleger. Teve 8.262 votos. O candidato a vice-prefeito ainda não foi definido.

Partido dos Trabalhadores – neste domingo, às 10 horas, na Sala Virtual do Diretório Municipal, o PT realiza a su convenção. Na pauta do encontro remoto: coligação majoritária, candidaturas majoritárias e proporcionais. São 33 pré-candidatos a vereador, que devem ser confirmados neste dia. O nome do ex-promotor de Justiça e professor universitário, Antônio Alberto Machado deverá ser o escolhido para disputar a prefeitura do município.

A disputa pela prefeitura de Ribeirão Preto já tem outros candidatos confirmados em convenções partidárias. Estão na disputa o candi¬dato à reeleição Duarte Nogueira Júnior (PSDB), com Daniel Marques Gobbi (Progressistas) para vice; e Mauro Inácio, do Partido Socialis¬mo e Liberdade (PSOL), com Mayra Ribeiro completando a chapa.

Também estão na disputa o coronel Luis Henrique Usai, pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), com Sueli Albanezi Gonza¬lez para vice; Fernando Chiarelli pelo Patriota (Patri), em dobradinha com Valter Vanzo Junior, o Sargento Vanzo; e Emilson Roveri, do Rede Sustentabilidade, com Luiz Mariano para vice.

Comentários