Malha fina – Receita vai liberar consulta a lote do IR

0
16
MARCELLO CASAL JR./AG.BR.

A Receita Federal abre nesta segunda-feira, 23 de novembro, às dez horas, a consulta ao 10º lote residual de restituição do Im­posto de Renda de Pessoa Física (IRPF), a popular “malha fina”. O crédito bancário para 198.967 contribuintes será realizado na próxima sexta-feira (30), totali­zando mais de R$ 399 milhões.

Destetotal, R$ 143.883.105,20 são referentes ao quantitativo de contribuintes que têm priorida­de legal, sendo 3.559 idosos aci­ma de 80 anos, 26.599 entre 60 e 79 anos, 2.924 pessoas com algu­ma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 12.312 cuja maior fonte de renda seja o ma­gistério.

Foram contemplados ainda 153.573 contribuintes não prio­ritários que entregaram a decla­ração até o dia 12 de novembro. Na área de atuação da Delegacia Regional da Receita Federal do Brasil, que envolve Ribeirão Pre­to e mais 31 cidades, neste ano, sem contar com o depósito da próxima sexta-feira (30), já fo­ram contemplados 211.181 con­tribuintes da região.

O reembolso atinge cinco lo­tes de restituição do IRPF e mais um residual e nove da malha fina. No total, já com o novo cré­dito, o valor total da região neste ano está em R$ 225.976.895,56, média per capita de R$ 1.070,06. Em 2020, o número de lotes de restituição do Imposto de Renda caiu de sete para cinco.

O primeiro foi pago em 29 de maio, o segundo em 30 de junho, o terceiro em 31 de ju­lho, o quarto em 31 de agosto e o quinto, em 30 de setembro, mais o residual de 30 de outu­bro. Segundo dados da Receita Federal, 177.248 contribuintes de Ribeirão Preto declararam o IPRF 2020, acima do total esti­mado de 175.351 – são 1.897 a mais, ou 1,08%.

Em relação ao ano passado, quando 168.102 contribuintes prestaram contas ao Leão, hou­ve um crescimento de 5,4%, com 9.146 declarações a mais em 2020. Na área de atuação da Delegacia Regional da RFB, 342.632 pessoas prestaram con­tas ao Leão do IR, 1,13% acima das 338.796 declarações espera­das, 3.836 a mais.

Em todo o Brasil, a Receita Federal esperava por 32 milhões de declarações, mas foram en­tregues 31.980.151, 99,94% do total – apenas 19.849 a menos, ou 0,06%. No estado de São Paulo, o volume de 10.309.221 foi 0,13% superior ao estimado, de 10.295.234, ou 13.987 a mais.

Na consulta, em serviço e-CAC, é possível acessar o ex­trato da declaração e ver se há inconsistências de dados iden­tificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declara­ção retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita con­sulta às declarações do IRPF e a situação no Cadastro de Pessoa Física (CPF). Com ele é possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

A restituição ficará disponí­vel no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer reque­rimento por meio da Internet. Isso mediante o Formulário Ele­trônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja credita­do, o contribuinte poderá conta­tar pessoalmente qualquer agên­cia do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento. Os telefones são 4004-0001 (ca­pitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agen­dar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

O cronograma de devolução do IRPF
Primeiro lote…………………………………………………………….. 29 de maio
Segundo lote…………………………………………………………… 30 de junho
Terceiro lote……………………………………………………………… 31 de julho
Quarto lote……………………………………………………………. 31 de agosto
Quinto lote………………………………………………………….30 de setembro
Lote residual………………………………………………………… 30 de outubro

Comentários