Memorial UGT recebe Fanta Konatê

0
22
FOTO: RICARDO CAMARGO

A Associação Amigos do Memorial da Classe Operária – UGT recebe, neste final de semana, a cantora, bailarina e compositora Fanta Konatê, da Guiné Conacri. Nesta sexta­-feira, 15 de novembro, feriado da Proclamação da República do Brasil, ela participará de uma vivência no local, das dez às 17h30 com parada de uma hora e meia para o almoço. No sábado (16), às 20 horas, vai apresentar um show musical com entrada gratuita.

O Memorial da Classe Operária – UGT fica na rua José Bonifácio nº 59, no Cen­tro Velho de Ribeirão Preto. Mais informações pelo tele­fone (16) 3610-8679. Filha do mestre percussionista Fa­moudú Konatê, sua família é uma das mais reconhecidas no mundo pela preservação e difusão da cultura tradicional malinkê, do tambor djembê e da música dos griôs.

Fanta Konatê casou-se com o musicoterapeuta brasileiro Luis Kinugawa na República da Guiné e veio morar em São Paulo, em dezembro de 2002. Fundadora do Canal África Viva na capital paulista, rece­beu o prêmio Luíza Mahin, da prefeitura de São Paulo, em re­conhecimento ao seu trabalho de difusão da cultura africana, cantou na trilha das Olimpía­das Rio 2016 e apresentou-se no Japão, Estados Unidos, Sué­cia, Polônia, Chile e Argentina e mais de 40 cidades no Brasil.

Acompanhada pela Trou­pe Djembedon, dá vida às suas composições que tratam de te­mas sociais e atuais, das aldeias, do mundo e do ser humano em shows no formato afrofuturista, onde mistura instrumentos tra­dicionais com guitarra, sax e vio­lão, mas também realiza shows e oficinas de dança e percussão só com instrumentos tradicio­nais da Guiné.

Fanta Konatê mora em Ri­beirão Preto há um ano, ensi­nando sua cultura em oficinas de dança, canto e percussão, palestras, cursos e vivências no Instituto Nova Era, sediado no Centro, próximo à praça Sete de Setembro e circulando por escolas, espaços culturais e ins­tituições para deficientes em toda região.

O Instituto Nova Era é uma plataforma de criação de pro­cessos e soluções que contri­bui para o desenvolvimento de ações e no apoio estratégico a grupos que trabalham com valores comunitários, estimu­lando economias mais solidá­rias, o cuidado com a terra, a valorização e a difusão cultu­ral. Neste mês, Fanta Konatê participará de várias atividades em comemoração ao mês da Consciência Negra.

Comentários