JOÃO COTTA

Vale repetir: é bom preparar os corações porque, em se tra­tando de Globo, além de tudo o que já aconteceu neste ano – Fausto, Mion, Huck, Tiago…, vem muito mais por aí.

Não tem como não ser. É a ordem natural da vida.

Por exemplo: a saída do Tiago Leifert deixa dois vazios, “Big Brother Brasil” e “The Voice Brasil”. E, para um deles, o “BBB”, a escolha do seu substituto, por necessidades comerciais e de produção, tem que acontecer imediatamente. São apenas quatro meses até a estreia.

Mudanças que serão inevitáveis ou determinadas pela ques­tão do tempo. Por exemplo: William Bonner há 25 anos ocupa a bancada do “Jornal Nacional”. Antes dele, ou mais que ele, Cid Moreira ficou por 27 anos. Natural por esperar, a qualquer momento, uma troca, até pelo desejo dele de fazer outra coi­sa. Agora ou no ano que vem, depois das eleições.

Assim como nos interiores, além do jornalismo, muita coisa também é comentada para o entretenimento.

Portanto, insistindo no que foi falado no começo, é bom pre­parar os corações.