Natale

0
32
Eles são o máximo: Coro Memorie d´Itália - FOTOS: AMIR CALIL DIB

Mais bonito, festivo e emocionante, impossível… foi a 5º edição do tradicional Coral de Natal da Casa da Memória Italiana, realizado na última sexta-feira (20). O Coro Memorie d´Itália, sob a regência do maestro Alexandre Mazzer Perticarrari, deu um show no palco montado no jardim deste maravilhoso patrimônio frente à Catedral Metropolitana. Não era difícil enxergar na plateia, dezenas de pessoas enxugando as lágrimas. Umas relembrando seus antepassados, outras pela beleza da maestria e das vozes. Coisa linda mesmo!

O evento que virou tradição e logo deverá constar no calendário da cidade, teve um diferencial: a acessibilidade. Com lugares reservados para cadeirantes e acompanhantes, letras legendadas em português, tradutores para pessoas com deficiência auditiva e prospecto em braile, mostrou a sensibilidade e a preocupação da organização comandada por Alice Registro Fonseca e Pitina Biagi Scatena Lopes. Parabéns!

Antes do encerramento, o Coral homenageou duas mulheres que fizeram parte da história do casarão, e partiram este ano. A ex-moradora Ida Biagi Scatena, que teve seu casamento celebrado em uma das salas e desfrutou das belezas do jardim até os cem anos de vida.

Quando solteira, morava a menos de 50 metros, mais precisamente na Rua Lafaiete. Dea Spadoni quando se tornou esposa de Baudílio Biagi, passou a ser uma das queridinhas dos sogros, Pedro e Eugênia Viel Biagi. Così è la vita!

De joelhos, pedimos. Mais um, mais um…