NFL anuncia doação superior a R$ 180 milhões para o combate ao coronavírus

0
23

A Liga Nacional de Futebol Americano (NFL) anunciou, nesta sexta-feira, que sua orga­nização junto com o sindicato dos jogadores, atletas e donos das franquias já doou mais de US$ 35 milhões (cerca de 180 milhões) na ajuda às vítimas da pandemia do coronavírus.

As doações começaram a ser feitas desde o dia 16, quan­do foram interrompidas todas as competições esportivas nos Estados Unidos e a NFL con­tribuiu com US$ 3,5 milhões (R$ 18 milhões).

As doações da “família” da NFL são canalizadas em dez organizações beneficentes em todos os Estados Unidos. “To­dos estamos sendo afetados pela pandemia. Agora, mais do que nunca, precisamos nos unir, ficarmos em casa e nos mantermos fortes”, afirmou Roger Goodell, comissário da NFL, por intermédio de um comunicado. “A NFL continu­ará buscando formas para que, juntos, possamos superar este momento de incertezas.”

Além das doações, a NFL tem se unido aos fãs com a #StayHomeStayStrong para ajudar a limitar a propagação da covid-19 em todo o país. Mais de 50 jogadores, técnicos e lendas do esporte gravaram um vídeo na busca de informar a importância de permanecer em casa o máximo possível.

A Liga também criou a #NFLPLAY60, na qual convi­da seus fãs a fazerem exercícios físicos diários durante o isola­mento por 60 minutos.

Desde o final de janeiro, a NFL organiza um leilão, no qual os fãs podem dar lances para lembranças autografadas ou usadas em jogos históricos. Em um primeiro momen­to, o dinheiro arrecadado era endereçado à China e agora ficará nos Estados Unidos.

Entre os dias 23 e 25 de abril, a Liga, sempre em busca de fundos para ajudar no combate à covid-19, fará um sorteio de produtos. Detalhes serão dados aos interessados em breve.

Durante esta emergência global de saúde pública, a NFL continua, com estreita colaboração das 32 equipes, das autoridades e de parcei­ros comerciais, em busca de alternativas para conseguir ajudar a combater a propaga­ção da doença.