OMS: China tem 1.885 mortes por coronavírus

0
14
FOTO CHI: ISSEI KATO/REUTERS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) atualizou o número de pes­soas infectadas pelo coronavírus (Covid-19) na China para 72.460, incluindo 1.885 mortes. Em entrevista coletiva em Genebra, na Suíça, nesta segunda-feira, 17 de fevereiro, representantes da entidade in­formaram que, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.051 novos casos da doença no país.

Segundo a organização, os dados mais recentes indicam que há, nos últimos dias, uma queda no número de casos. “Essa tendência tem que ser interpretada com cautela. Tendências podem mudar à medi­da em que novas populações são afetadas. Ainda é cedo para dizer se essa diminuição vai continuar”, disse o diretor-geral do órgão, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Com base nos dados mais recentes compartilhados pelo governo chinês com a entidade, Tredos afirmou que o novo coronavírus pare­ce ser menos mortal do que outras enfermidades semelhantes, entre elas a Sars e a Mers. De acordo com ele, 80% dos casos são leves e têm cura. Outros 14% causam sintomas severos, como pneumonia e falta de ar. Já 5% dos pacientes têm sintomas mais críticos, incluin­do falência múltipla dos órgãos.

“Em 2% dos casos, o vírus é fatal e o risco de morte cresce conforme a idade. Vemos poucos casos envolvendo crianças. Mais pesquisas são necessárias para entender as razões”, explicou Tedros. Fora da China, a OMS revelou que 694 pessoas foram diagnosticadas com a doença em 25 países, com três mortes – nas Filipinas, no Japão e na França. Para a entidade, ainda não é possível classificar o surto como uma pandemia, cenário no qual a disseminação de uma pato­logia é global.

Autoridades no Japão confirmaram nesta segunda-feira (17) que mais 99 pessoas foram infectadas pelo coronavírus a bordo do navio de cruzeiro Diamond Princess, que está em quarentena no litoral do país. Como resultado, subiu para 454 o total de infectados na embar­cação, segundo o Ministério de Saúde japonês. A quarentena de 14 dias da embarcação, que inicialmente tinha cerca de 3.700 passa­geiros e tripulantes a bordo, está prevista para acabar na próxima quarta-feira, dia 19.

No domingo (16), dois voos fretados retiraram do Japão 340 ame­ricanos que estavam no Diamond Princess. O Ministério da Saúde de Cingapura confirmou mais dois casos de contaminação por coronavírus no país. Com estes dois pacientes, o total de infectados chega a 77. Cingapura é o segundo país com maior número de casos confirmados da doença, atrás somente da China, que já confirmou mais de 70 mil infecções.

O governo de Cingapura tem divulgado também os números dos infectados que receberam alta. São 24 até o momento, enquanto 53 permanecem internados. Segundo o governo local, quatro pessoas estão em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ne­nhuma morte foi registrada no país asiático até agora.