Foto: Divulgação / Polícia Civil

A ação policial apura empresas que estariam utilizando dados pessoais de idosos e fazendo empréstimos consignados sem o consentimento das vítimas

Uma operação da Polícia Civil, denominada “Consignado Fraudulento”, cumpriu mandados de busca e apreensão em empresas de crédito que estão localizadas no Centro de Ribeirão Preto, nesta quarta-feira, 12 de maio.

Segundo informações da polícia, essas empresas estariam utilizando dados pessoais de idosos e fazendo empréstimos consignados sem o consentimento das vítimas. A investigação apurou que os empréstimos eram contratados em parcelas com valores baixos.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, foram identificados vários nomes de idosos de diversas localidades e estados que, recentemente, tiveram os seus dados pessoais usados para a contratação de empréstimos consignados fraudulentos.

Durante a operação policial, foram apreendidos cerca de 60 computadores e milhares de documentos e contratos. Os agentes também recolheram dez telefones celulares e três plafons para a falsificação de assinatura.

Diante da coleta de provas documentais, a investigação ainda irá apurar todos os envolvidos no crime. A Polícia Civil ainda ressaltou que há indícios sobre a existência de centenas de vítimas espalhadas pelo país.