Foto: Pixabay (Imagem ilustrativa)

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP) deflagrou na quarta-feira (7) uma operação intitulada “Antivírus”, que tem como objetivo combater um  grupo organizado em redes sociais que busca transmitir intencionalmente o vírus HIV.

A ação foi realizada por intermédio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e contou com o apoio do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

Nesta primeira fase da operação, foram cumpridos 12 mandados na capital, na Grande São Paulo e no interior,  além de cidades do Rio de Janeiro.

O cumprimento dos mandados de busca e apreensão contou com agentes do Batalhão de Ações Especiais (Baep) e promotores de Justiça do Gaeco das regiões de Ribeirão Preto, Franca, Bauru, São José do Rio Preto, Vale do Paraíba, ABC e capital, além de policiais militares e promotores de Justiça do Gaeco do Rio. 

A operação decorre de investigação que foi iniciada há alguns meses a partir de informações de grupo organizado em espaço virtual, com integrantes de todo o Brasil.

De acordo com o MPSP, as buscas irão robustecer o acervo probatório e identificar outros integrantes dessa associação criminosa, autodenominada “Clube do Carimbo”.