Pantera renova com Victor Bolt

0
33
JOSÉ BAZZO/AGÊNCIA BOTAFOGO

Passado o misto de emo­ções que foi o Campeonato Paulista, o Botafogo começa a voltar o seu pensamento para a disputa do Brasileirão. O clube anunciou nesta segunda-feira (3) a renovação de contrato com o volante Victor Bolt, um dos destaques do Pantera na reta final do Paulistão.

O novo contrato de Bolt é válido até o final de 2021. O jogador afirmou que está mo­tivado e que aceitou a exten­são do vínculo, pois acredita no projeto botafoguense.

“Estou muito feliz com a renovação contratual. Confio muito no projeto e no plane­jamento que foi apresentado pelo Botafogo. Temos o pla­no de fazer uma boa Série B e brigar pelo acesso. Tenho certeza que colheremos fru­tos lá na frente”, disse Victor Bolt, que foi titular nos últi­mos nove jogos do time.

“Cheguei desacreditado por parte da imprensa e tor­cedores, mas consegui supe­rar essa desconfiança com muito trabalho. Quem me acompanha sabe do meu tra­balho, da minha índole e do meu comprometimento no dia a dia. Enfrentamos um período muito complicado, mas conseguimos reverter”, acrescentou.

Estreia na Série B
O Botafogo não vai ter mui­to tempo para se preparar para a estreia no Campeonato Brasi­leiro, já que a primeira partida na competição é no sábado (8), às 19h, diante do Cruzeiro, no estádio do Mineirão.

A tendência é que o time comandado por Claudinei Oli­veira ainda não tenha reforços para o primeiro jogo da compe­tição. Segundo Fernando Gel­fuso, novo diretor de futebol do Tricolor, algumas negocia­ções estão bem encaminhadas, mas a utilização desses atletas na primeira partida pode ser impossibilitada por conta dos trâmites contratuais.

Na semana passada, Adal­berto Baptista, presidente do Conselho de Administra­ção da S/A e também novo homem forte do futebol do Pantera, anunciou na semana passada que o Botafogo con­trataria mais 3 ou 4 reforços para a Série B.

O Pantera deve mandar a campo uma escalação seme­lhante a que empatou com o Red Bull Bragantino na última aparição do clube pelo Troféu do Interior. Na ocasião, o Tri­color acabou eliminado na dis­puta dos pênaltis.

Comentários