Jornal Tribuna Ribeirão

Parque Estadual Vassununga é reaberto

Programação inclui pedalada pelas trilhas e observação de aves; participação em todas as atrações é gratuita

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Em comemoração aos 51 anos, celebrados nesta terça­-feira, 26 de outubro, o Par­que Estadual Vassununga, em Santa Rita do Passa Quatro, foi reaberto na última sexta­-feira (22) com uma série de atividades. Na programação, exposições e doação de mudas na Praça do Rosário, pedalada pelas trilhas, minicursos so­bre serpentes e abelhas nativas sem ferrão e observação de aves com o Grupo de Obser­vadores de Aves do Município de Araraquara (Goama) em trilha. As atividades vão até domingo (31). O acesso é gra­tuito, sendo necessário apenas inscrição prévia.

Parque voltará a ficar aberto para visitação, de segunda a domingo, das 7h às 17h

Fechado desde 2018 por conta da presença de java­porcos, o parque passou por adequações para garantir a segurança do público, como a implantação do Projeto Piloto de Controle de Javalis. Além do calendário de atividades, o local voltará a ficar aberto para visitação, de segunda a domingo, das 7h às 17h.

Já o acesso às trilhas está, inicialmente, restrito a até 20 pessoas, por horário/dia determinados, sendo neces­sário agendamento pelo link https://forms.gle/fLNDiWe­ZtM43zjhp7. As visitas con­tam com acompanhamento de monitor ambiental e não é cobrada taxa de entrada.

O Vassununga possui áre­as de floresta em regiões de colinas, escarpas e planícies fluviais, formando uma bela paisagem, onde se destacam as copas dos enormes jequi­tibás-rosa, o que motivou o apelido “Terra de Gigantes”. O parque abriga a maior concentração dessas árvores, incluindo dois dos maiores exemplares paulistas – Pa­triarca e Matriarca.

Acesso às trilhas está, inicialmente, restrito a até 20 pessoas, por horário/dia determinados

O Patriarca tem mais de 42 metros de altura e circun­ferência aproximada de 12,30 metros. Já a Matriarca possui 11,88 metros de largura e 44 metros de altura. Outro desta­que é o Cerrado Pé-de-Gigan­te, nome dado a uma enorme depressão, que vista do alto, remete à forma da pegada de um gigante. Além da rique­za da fauna, são encontrados mamíferos, como lobos-guará, onças-pardas, pacas e iraras.

Mais informações: www.florestal.sp.gov.br

Deixe o seu comentário:

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com