Foto: Câmeras de Segurança

Atualmente, o caso está sendo tratado como latrocínio. Contudo, o homicídio ainda não foi descartado

A Polícia Civil de Ribeirão Preto identificou dois suspeitos de envolvimento na morte de um comerciante, de 48 anos, que foi baleado na cabeça. O crime ocorreu na manhã do dia 15 de julho, em uma oficina localizada no Jardim Paulista, na zona Oeste de Ribeirão Preto.

De acordo com o Delegado da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Cézar Augusto de França, o único indivíduo que ainda não foi identificado é o homem que acompanha o autor dos disparos contra a vítima.

Ainda segundo França, o suspeito de ter atirado contra o comerciante é conhecido dos meios policiais e foi imediatamente identificado pelas imagens de câmeras de segurança.

“Ele é procurado pela Justiça e deixou o sistema penitenciário da região de Bauru em janeiro de 2021. Fugiu em uma das saidinhas”, completou. O autor possui passagens por roubo e tráfico de drogas. 

Atualmente, o caso está sendo tratado como latrocínio. Contudo, o homicídio ainda não foi descartado.

Veículo apreendido

Além da identidade dos suspeitos, a Polícia também apreendeu o veículo utilizado no crime. O delegado disse que foram levantadas informações de que o carro estaria em uma casa nos Campos Elíseos, na zona Norte da cidade.

Em diligência pelo imóvel, os agentes localizaram o automóvel, assim como algumas placas falsas que estavam escondidas.

Suspeito preso

No dia do crime, um dos envolvidos foi detido por um policial que estava de folga, assim como uma arma de fogo que foi apreendida. De acordo com investigações policiais, este indivíduo esteve dentro do veículo e auxiliaria na fuga do grupo.

O crime

Na manhã da última quinta-feira, 15 de julho, dois homens entraram na oficina localizada na Rua Camilo de Mattos e se passaram por clientes. Em imagens gravadas por câmeras de segurança é possível visualizar que, após breve conversa, um dos suspeitos atira contra o comerciante e a dupla foge do local.

Segundo o 9º Grupamento do Corpo de Bombeiros, o caso ocorreu por volta das 9h. A vítima foi atendida por agentes da guarnição e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que a encaminharam até um hospital particular da cidade.

De acordo com o Hospital São Lucas, o homem chegou na unidade em parada cardiorrespiratória. “A equipe médica tentou reverter, mas infelizmente não houve sucesso. Foi constatado o óbito.”